Náutico alega indisciplina e Leandro Euzébio é dispensado antes de estrear

Bicampeão brasileiro com o Fluminense, Leandro Euzébio voltou ao Náutico, nesta temporada, para ser o líder de um elenco jovem montado para a Série B do Brasileirão. O defensor de 33 anos, entretanto, sequer vai estrear. Nesta terça-feira, o clube pernambucano anunciou a rescisão de contrato.

Estadão Conteúdo

24 de fevereiro de 2015 | 14h53

"O Náutico, por meio da diretoria executiva, vem a público, principalmente aos sócios e torcedores, comunicar o desligamento do atleta Leandro Euzébio, uma vez que o mesmo não se enquadrou dentro da filosofia de trabalho do departamento de futebol. Desta forma, fica o atleta livre para negociar seu ingresso em qualquer outra agremiação", explicou brevemente o clube.

Leandro Euzébio pediu para que o Náutico marcasse um jogo-treino na segunda-feira para que ele ganhasse ritmo de jogo. O zagueiro, entretanto, faltou à atividade, contra a Cabense, e depois também à uma reunião marcada com a diretoria para explicar a ausência. No domingo, ele teria também faltado a um treinamento, alegando problemas pessoais. O zagueiro foi localizado na praia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolNáutico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.