Náutico decepciona e só empata em casa com lanterna

Equipe vencia até o fim, cede o 1 a 1 para o Duque de Caxias e perde o segundo lugar

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2011 | 22h38

RECIFE - Em uma noite de pouca inspiração, o Náutico precisou, mais uma vez, do oportunismo do goleador Kieza para evitar um vexame dentro do estádio dos Aflitos, no Recife. O time pernambucano apenas empatou com o lanterna Duque de Caxias por 1 a 1, nesta sexta-feira, pela 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol do time da casa foi marcado em posição de impedimento, aos 27 minutos do segundo tempo. E Kieza isolou-se na artilharia da competição, com 15 gols, um a mais do que Ricardo Jesus, da Ponte Preta. O gol fluminense foi marcado por Júlio César, aos 45 da segunda etapa.

O Náutico perdeu a vice-liderança para a Ponte Preta, ficando com 48 pontos, um a menos do que o time de Campinas. O Duque de Caxias, com apenas 11 pontos, apesar da valentia continua na humilhante última colocação da tabela de classificação.

Talvez acreditando que venceria com facilidade, o Náutico se complicou diante da boa marcação do Duque de Caxias no primeiro tempo. Apesar de ter maior volume de jogo, o time pernambucano só desferiu um chute, de Eduardo Ramos, no goleiro Marcelo Carné. O visitante teve duas boas chances em contragolpes.

Na segunda etapa, o Náutico ameaçou ir todo ao ataque. Mas voltou a encontrar dificuldades para finalizar em condições de abrir o placar. O gol sairia somente em um lance ocasional. E foi o que aconteceu aos 27 minutos. Após o levantamento da falta para a área, a bola tocou em vários jogadores e Kieza apareceu livre, impedido, na pequena área. Daí ficou fácil. Ele dominou e mandou para as redes. Os visitantes reclamaram em vão da arbitragem.

A injustiça foi corrigida pelos aos 45 minutos. Após escanteio, o goleiro Gledson deu rebote e Júlio César, desequilibrado, bateu de costas e acertou o gol. Tudo igual.

A 28.ª rodada será toda realizada na próxima terça, com todos os 10 jogos às 20h30. O Náutico vai enfrentar o Guarani, em Campinas, enquanto que o Duque de Caxias vai receber o Paraná, em Volta Redonda (RJ).

NÁUTICO 1 X 1 DUQUE DE CAXIAS

NÁUTICO - Gledson; Peter (Moisés), Marlon, Ronaldo Alves e Jeff Silva; Éverton, Elicarlos, Derley e Eduardo Ramos (Diego Bispo); Rogério (Alecsandro) e Kieza. Técnico: Waldermar Lemos.

DUQUE DE CAXIAS - Marcelo Carné; Éverton Silva (Léo), Bruno Costa, Felipe Machado e Ernani; Edu Pina, Tony, Júlio César e Erick Flores; Jhon (Antônio) e Léo Pimenta (Juninho). Técnico: Paulo Campos.

Gols - Kieza, aos 27, e Júlio César, aos 45 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Marlon, Eduardo Ramos e Alecsandro (Náutico); Éverton Silva, Marcelo Carné e Edu Pina (Duque de Caxias).

Árbitro - Márcio Brum Coruja (RS).

Renda - R$ 91.575,00.

Público - 14.588 pagantes.

Local - Estádio dos Aflitos, no Recife (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.