Divulgação
Divulgação

Náutico derrota Boa com gol no fim e encosta no G-4 da Série B

Pernambucanos festejam triunfo suado com gol de Rafael aos 44

Estadão Conteúdo

29 de agosto de 2015 | 19h09

Com drama e muito sofrimento, o Náutico se recuperou da goleada na última rodada, por 5 a 2 para o Luverdense, e venceu o Boa por 1 a 0, na tarde deste sábado, na Arena Pernambuco. O único gol do jogo, válido pela 21.ª rodada da Série B, foi marcado pelo zagueiro Rafael Pereira, de cabeça, aos 44 minutos do segundo tempo.

Com a vitória sofrida, o time de Lisca alcança os 35 pontos, mesma pontuação do América-MG, último time dentro do G4, e sobe uma posição, pulando para o sexto lugar. O Boa continua na zona de rebaixamento. O time mineiro é o 17.º, com 23 pontos conquistados.

O primeiro tempo foi equilibrado na Arena Pernambuco. Jogando em casa, o time do técnico Lisca criou mais chances e foi quem chegou mais perto de abrir o marcador. Insistindo muito nas jogadas pelas laterais, sempre com Rogerinho como válvula de escape, o time pernambucano teve, ao menos, cinco chances para balançar as redes. Mas jogou todas para fora.

O Boa chegou pouco na frente, mas quando pressionou teve a melhor chance do primeiro tempo com Felipe Alves. Ele recebeu livre dentro da área, tirou do goleiro e só não inaugurou o placar, pois o zagueiro Rafael Pereira afastou o perigo.

No segundo tempo, a história se repetiu e quem continuou procurando o gol foi o time da casa, que, mesmo sem muita organização, obrigou o goleiro Andrey a fazer pelo menos três defesas difíceis e se destacar na partida.

Quando tudo indicava que a partida terminaria sem gols, o esforço do Náutico foi premiado. Em jogada ensaiada, William Magrão cruzou na cabeça de Rafael Pereira, que se antecipou aos zagueiros e mandou no contrapé do goleiro Andrey, que nada pode fazer desta vez, para dar a vitória ao time pernambucano.

Na próxima rodada da Série B, a 22.ª, o Náutico visita o Criciúma no Heriberto Hülse, na próxima terça-feira, às 19 horas. No mesmo dia, mas às 20h30, o Boa recebe o Paraná.

FICHA TÉCNICA:

NÁUTICO 1 X 0 BOA

NÁUTICO - Julio César; Lucas Faria (Bruno Alves), Rafael Pereira, Fabiano Éller e Gaston Filgueira; João Ananias, Willian Magrão, Marino (Bérgson) e Rogerinho; Douglas e Daniel Morais (Hiltinho). Técnico: Lisca.

BOA - Andrey; Léo Baiano, Raphael Silva, Everton Sena e Pirão (Hugo Figueiredo); Alê, Gabriel Dias, Leonardo (Jonatas Paulista), Clébson; Felipe Alves (Kleiton Domingues) e Tadeu. Técnico: Nedo Xavier.

GOL - Rafael Pereira aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Cláudio Francisco de Lima e Silva (SE)

CARTÕES AMARELOS - Fabiano Éller, Gaston Filgueira e Bergson (Náutico) Léo Baiano, Leonardo e Clébson (Boa).

CARTÃO VERMELHO - Leonardo (Boa).

RENDA - R$ 68.835,00

PÚBLICO - 4.479 torcedores

LOCAL - Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BNáuticoBoa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.