Náutico empata com o Vitória na estreia de Geninho

Equipe pernambucana fica no 1 a 1 em casa e termina a rodada na última colocação do Campeonato Brasileiro

Ângela Lacerda, Agencia Estado

16 de julho de 2009 | 23h18

Na estreia do técnico Geninho, o Náutico ficou no empate com o Vitória por 1 a 1, nesta quinta-feira, no estádio dos Aflitos, no Recife, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O ponto conquistado pelos pernambucanos é o primeiro depois de seis derrotas seguidas na competição.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Agora com nove pontos, o Náutico segue termina a rodada na lanterna do Brasileirão. No próximo domingo, tenta deixar essa incômoda colocação contra o Barueri, na Grande São Paulo. O Vitória, com 20 pontos, cai uma posição - de 3.º para 4.º - e agora encara o líder Atlético Mineiro, em Salvador.

O time baiano marcou primeiro com Roger, aos 12 minutos do primeiro tempo. O artilheiro recebeu uma bola que o zagueiro Vagner deixou escorregar, girou e chutou rasteiro no canto esquerdo de Eduardo. Este foi o oitavo gol do jogador do Vitória, que se isolou na artilharia do Brasileirão.

Nesta primeira etapa, o Náutico abusou de passes errados e falta de sintonia entre os jogadores. Para o segundo tempo, Geninho fez modificações que deram mais fôlego ao time. Aos 20 minutos, Wallace facilitou para os pernambucanos. Ele puxou Anderson Lessa dentro da área e recebeu o cartão vermelho. Gilmar, com paradinha, fez o gol na cobrança de pênalti.

O Náutico, então, passou a enfrentar um adversário com 10 jogadores e desperdiçou as chances surgidas e ainda foi ameaçado por mais de uma vez pelo time baiano.

NÁUTICO 1 X 1 VITÓRIA

Náutico - Eduardo; Vagner, Galliardo e Gladstone; Douglas Maia (Sidny), Johnny, Aílton, Carlinhos Bala e Anderson Santana; Márcio Barros (Anderson Lessa)(Kuki) e Gilmar. Técnico: Geninho

Vitória - Viafara; Adriano (Gil), Wallace, Victor Ramos e Anderson Martins; Carlos Alberto, Magal, Leandro Domingues (Bida) e Leandro; Willian (Jackson) e Roger. Técnico: Paulo César Carpegiani

Gols - Roger, aos 12 minutos do primeiro tempo; Gilmar (pênalti), aos 21 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Anderson Santana, Carlinhos Bala, Johnny e Gladstone (Náutico); Willian, Anderson Martins e Victor Ramos (Vitória)

Cartão vermelho - Wallace (Vitória)

Árbitro - Paulo César Oliveira (Fifa-SP)

Renda - R$ 39.690,00

Público - 13.178 pagantes

Local - Estádio dos Aflitos, no Recife (PE)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.