Náutico goleia a Portuguesa por 4 a 1

De virada, o Náutico goleou a Portuguesa por 4 a 1, neste sábado, no Estádio dos Aflitos, em Recife. Com isso, o time pernambucano chegou aos mesmos 3 pontos da Lusa no quadrangular final da Série B do Brasileiro. Depois de duas rodadas disputadas, o Grêmio lidera o quadrangular final, com 4 pontos, seguido pelo Náutico, que leva vantagem sobre a Lusa no saldo de gols. Já o Santa Cruz é o lanterna com apenas 1 ponto ganho.Mesmo fora de casa, a Portuguesa começou melhor o jogo e logo abriu o placar. Aos 3 minutos, o angolano Johnson entrou na área pelo lado direito e cruzou para Wilton Goiano, que fez 1 a 0.Mas a história do jogo começou a mudar aos 26 minutos. Johnson perdeu um gol e, na seqüência, o meia Celsinho trombou com o goleiro Rodolpho quando ele ia fazer a reposição de bola. O assistente Edilson Ferraz achou que foi falta e chamou o árbitro Domingos de Jesus Viana Filho (PA). E ele errou ao expulsar Johnson, que nem tinha participado do lance. Diante das reclamações da Portuguesa, o reserva Rafael Toledo também foi expulso. O técnico Giba reforçou a marcação na mesma hora, com a entrada do zagueiro Émerson na vaga de Celsinho, que já tinha recebido cartão amarelo. Do outro lado, o Náutico tirou o volante Willian para a entrada do atacante Miltinho.Aí, já aos 45 minutos, a Lusa perdeu outro jogador. Rodrigo Pontes fez falta e acabou expulso. "Quebraram nossas pernas. Com dois a menos era mesmo impossível segurar a pressão do Náutico", lamentou o técnico Giba.E foi o que aconteceu. No segundo tempo, pressionando bastante, o Náutico conseguiu a virada. Mesmo porque, o técnico Roberto Cavalo colocou seu time no ataque: o atacante Cláudio entrou no lugar do lateral Bruno Carvalho.O herói da virada do Náutico foi o meia Danilo, autor de 3 gols, aos 3, aos 11 e aos 18 minutos. Depois, aos 21, Miltinho completou a goleada do time pernambucano.

Agencia Estado,

29 de outubro de 2005 | 17h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.