Náutico goleia e já pensa em vaga na Copa Sul-americana

Vitória por 4 a 1 diante do Juventude deixa time pernambucano com 39 pontos, na 11.ª colocação

06 de outubro de 2007 | 21h36

O Náutico ganhou do Juventude por 4 a 1, na noite deste sábado, nos Aflitos, em partida válida pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.  Com dois gols de Geraldo - um deles de cobrança de pênalti - um de Ferreira e outro de Felipe, o Náutico chegou aos 39 pontos, na 11.ª colocação, o que é suficiente para sonhar com uma vaga na Copa sul-americana do ano que vem. Já o Juventude continua com apenas 30 pontos, na vice-lanterna. O Náutico iniciou o jogo no ataque, com uma bola na trave chutada forte por Felipe, da entrada da área, no primeiro minuto. Na seqüência, foi marcado pênalti a favor do Náutico (sofrido por Sidny), que foi bem cobrado por Geraldo. Náutico4Fabiano; Sidny     (Marcelo Silva), Toninho    , Everaldo e Júlio César; Daniel    , Elicarlos, Ferreira e Geraldo    ; Marcelinho (Serginho Baiano) e Felipe     (Radamés)Técnico: Roberto FernandesJuventude1Michel Alves; Barão     (Fabio Baiano), Nunes, Danilo     e Alex Cazumba    ; Vanzini, Renan, Marcelo Costa     e Alex Alves (Thiago Cavalcanti); Bruno e Tadeu (Juliano Roberto    )Técnico: Beto AlmeidaGols: Geraldo aos 4; Ferreira aos 43 do primeiro tempo; Vanzini aos 15; Geraldo aos 21, e Felipe aos 40 minutos do segundo tempoÁrbitro: Luis Sardinha Bites (GO)Renda: R$ 137.746,00Público: 12.341 totalEstádio: Aflitos, RecifeDepois de um período de arrefecimento, o Juventude teve grande chance  para empatar a partida, aos 32. Alex Alves ficou de frente para o goleiro Fabiano, a quem driblou por duas vezes, mas na hora do chute, errou o alvo. O Juventude se mostrava, então, mais criativo e a torcida alvirrubra cobrava uma reação, que aconteceu aos 43, quando Ferreira fez o segundo. O jogador recebeu passe de Marcelinho e deu um toque de calcanhar para o gol.  No segundo tempo, o Juventude veio disposto a recuperar terreno. Aos dois minutos, Alex Alves novamente ameaçou marcar. Chutou cruzado na pequena área e a bola passou rente à trave. Depois de insistir, o Juventude diminuiu o placar aos 15, com Vanzini, de cabeça, no canto esquerdo de Fabiano.  O Náutico reagiu rápido e aos 21 Geraldo recebeu passe de Marcelinho, ficou de frente com Michel Alves e chutou cruzado no canto direito. Logo depois Sidny tenta o gol, mas a bola bateu no travessão. Aos 40 minutos, Felipe concretizou a vitória do Náutico, marcando o quarto gol. A torcida foi ao delírio.  Com a chuva de cartões amarelos, vários dos jogadores do Náutico, que estavam pendurados com dois amarelos, estão de fora do próximo jogo, que será diante do Cruzeiro, na sexta-feira, às 20h30, no  Mineirão.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série A

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.