Náutico impõe 5ª derrota seguida ao Bragantino e entra de vez na briga do acesso

Bragantino e Náutico fizeram um jogo truncado e de poucas emoções no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, nesta terça-feira. A partida, válida pela 29.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, se encaminhava para um empate até que Marco Antônio marcou um lindo gol de falta, aos 40 minutos do segundo tempo, e garantiu a vitória do time pernambucano por 1 a 0.

Estadão Conteúdo

04 Outubro 2016 | 21h21

Com 27 pontos e cinco derrotas seguidas, o Bragantino amarga mais uma rodada dentro da zona do rebaixamento e parece perder forças para reagir. Enquanto isso, o Náutico chega aos 45 pontos e entra de vez na equilibrada briga pelo acesso.

O time paulista foi melhor na primeira etapa, mas não conseguiu criar muitas jogadas agudas. As melhores chances do time da casa foram em chutes de fora da área que passaram perto da meta defendida por Júlio César, mas não exigiram defesas do ex-goleiro do Corinthians.

O visitante, por sua vez, apostou em contragolpes e tentava surpreender com a velocidade dos atacantes Bergson e Rony. Mas a defesa bragantina estava bem postada e controlou as investidas dos visitantes sem muita dificuldade.

A partida seguiu em ritmo lento na segunda etapa. Com muita marcação e pouco espaço para os jogadores de ataque, os dois times tinham as jogadas de bola parada como principal arma para tentar tirar o zero do placar. Mesmo assim, nas raras chances criadas, as defesas levavam a melhor e garantiam o empate.

Tudo mudou, no entanto, aos 40 minutos, quando Marco Antônio cobrou falta com perfeição e acertou o ângulo direito de Renan. Um lindo gol que garantiu a vitória do time pernambucano fora de casa.

Com pouco tempo para treinar, os dois times já voltam a campo na próxima sexta-feira, pela 30.ª rodada. O Bragantino enfrenta o Goiás, no Serra Dourada, em Goiânia, às 20h30, e o Náutico recebe o Brasil de Pelotas na Arena Pernambuco, no Recife, às 21 horas.

FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 0 X 1 NÁUTICO

BRAGANTINO - Renan; André Rocha, Lucas Rocha, Diego Sacoman e Bruno Pacheco; Daniel Pereira, Gabriel Dias (Everton Dias), Alan Mineiro (Esquerdinha) e Watson; Léo Jaime (Claudinho) e Rafael Grampola. Técnico: Marcelo Veiga.

NÁUTICO - Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Gastón Filgueira; Rodrigo Souza, João Ananias (Negretti), Marco Antônio e Vinícius; Bergson (Yuri Mamute) e Rony (Mateus Muller). Técnico: Givanildo Oliveira.

GOL - Marco Antônio, aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Felipe Duarte Varejão (ES).

CARTÕES AMARELOS - Diego Sacoman, Gabriel Dias e Watson (Bragantino); Negretti, Igor Rabello e Vinícius (Náutico).

RENDA - R$ 5.200,00.

PÚBLICO - 481 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.