Náutico marca no fim contra o Ceará, chega à 6ª vitória seguida e se mantém no G-4

Pernambucanos conseguem a vitória com gol aos 48 do 2º tempo

Estadão Conteúdo

15 Outubro 2016 | 21h05

No apagar das luzes, o Náutico se manteve no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, pela 31.ª rodada, com um gol aos 48 minutos do segundo tempo, o time pernambucano derrotou o Ceará por 1 a 0, na Arena Pernambuco, no Recife.

Os pernambucanos mantiveram a incrível sequência invicta de nove jogos e chegaram à sexta vitória seguida, voltando para o terceiro lugar na tabela de classificação com 51 pontos. O resultado recupera a vaga dentro do G4 perdida para o Bahia na última sexta-feira. O Ceará é apenas o 10.º colocado com 44 pontos, com apenas uma vitória nos últimos 13 confrontos.

A primeira etapa foi digna da posição que os times ocupam na tabela de classificação. As duas equipes procuraram o ataque desde o começo e o jogo foi quente. Logo aos seis minutos, Thallyson arriscou de fora da área e obrigou Rodolpho empurrar com a ponta dos dedos para escanteio.

A resposta do Náutico veio pelo lado esquerdo com Rony. O atacante foi válvula de escape do time pernambucano e deu trabalho para defesa cearense. Na chance mais clara, o camisa 7 ganhou na corrida de Everson e fez o cruzamento. Vinícius, no meio da área, não conseguiu finalizar em cheio e mandou para fora.

No segundo tempo, o jogo ficou mais pegado e menos movimentado. Os dois times fecharam os espaços e praticamente não criaram. O Náutico tentou assumir a responsabilidade de chegar ao ataque, ficando com a bola no setor ofensivo, mas criou pouco.

Os donos da casa chegaram a balançar as redes com Igor Rabello e Gastón Filgueira. A arbitragem, porém, assinalou impedimento nos dois lances e invalidou os tentos para desespero dos mais de 25 mil torcedores que compareceram na Arena Pernambuco.

O maior público do Náutico na temporada explodiu aos 48 minutos do segundo tempo, quando os pernambucanos abriram o placar. Após cobrança de falta de Marco Antônio pela direita, Igor Rabello subiu alto e desviou de cabeça para o ângulo.

Os dois times voltam a campo na próxima sexta-feira, às 21h30 (de Brasília). O Náutico encara o Luverdense, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), enquanto que o Ceará recebe o ameaçado Bragantino, na Arena Castelão, em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 1 x 0 CEARÁ

NÁUTICO - Rodolpho; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Gastón Filgueira; João Ananias, Rodrigo Souza (Yuri Mamute), Marco Antônio e Vinícius (Renan Oliveira); Bergson (Jefferson Nem) e Rony. Técnico: Givanildo de Oliveira.

CEARÁ - Éverson; Tiago Cametá, Ewerton Páscoa, Charles e Thallyson; Raul Silva, Diego Felipe, Wescley e Felipe (Felipe Menezes); Lelê (Ciel) e Bill. Técnico: Sérgio Soares.

GOL - Igor Rabello, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Souza, Vinicius e Rony (Náutico); Bill, Tiago Cametá, Thallyson e Ewerton Páscoa (Ceará).

ÁRBITRO - João Batista de Arruda (RJ).

RENDA - R$ 504.170,00.

PÚBLICO - 25.257 pagantes.

LOCAL - Arena Pernambuco, no Recife (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.