Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Náutico surpreende e goleia Bahia

O Náutico continua com chances de chegar ao quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta sexta-feira à noite, derrotou o ex-líder Bahia por 4 a 1, em uma partida emocionante no Estádio dos Aflitos, na abertura do returno da segunda fase. Com a vitória sobre o time baiano, o Náutico continua em terceiro lugar, com quatro pontos, mas manteve sua chance de classificação. A tarefa, porém, é difícil: precisa vencer os dois últimos jogos e depende de tropeços ou de Bahia ou de Avaí. O Marília, outro integrante deste grupo, já está eliminado.A partida começou de forma eletrizante e o Bahia teve a primeira grande chance aos 14 minutos. Em cobrança de falta no bico da grande área, Robert surpreendeu e bateu direto para o gol. A bola bateu no travessão. O Náutico assustou aos 18 minutos, com Jorge Henrique. O atacante arriscou de fora e o goleiro Márcio foi obrigado a dar um tapa para escanteio.Com os dois times atacando insistentemente, o primeiro tempo não poderia mesmo terminar sem gols, que saiu aos 29 minutos, a favor do Bahia. O meia Robert, em cobrança de falta da intermediária, lançou o lateral Bruno, que entrou pela esquerda e tocou na saída do goleiro.Apoiado pela torcida, o Náutico não desanimou e chegou ao empate com o artilheiro Kuki, aos 33 minutos. Marco Antônio deu passe açucarado e o atacante tocou com estilo, no canto esquerdo de Márcio. Na comemoração, Kuki tirou uma touca do calção, em homenagem ao nadador pernambucano Clodoaldo Silva, que conquistou seis medalhas de ouro na Paraolimpíadas de Atenas. O atacante não balançava as redes desde o dia 13 de julho, ficando 12 jogos de jejum.No final da primeira etapa, o lateral-esquerdo Bruno foi expulso. Na volta do intervalo, o técnico Vadão sacou o atacante Selmir para a entrada de Cícero, recompondo a defesa do Bahia. Com um jogador a menos, o Bahia se fechou totalmente, passando a buscar o gol somente em contra-ataques esporádicos. A postura defensiva do Bahia acabou forçando o Timbu a arriscar chutes de fora da área. E foi assim que o gol da virada foi assinalado. M arco Antônio arriscou de fora da área, a bola ainda resvalou na zaga e foi no canto direito de Márcio, aos 26 minutos. Aos 30 minutos nova confusão, que culminou na expulsão de Rodriguinho e Marquinhos. O Náutico aproveitou os espaços e marcou o terceiro gol aos 34, novamente com o atacante Kuki. Aos 48 minutos, Leomar lançou Kuki pelo lado direito da área e marcou mais um, fechando a goleada.Na próxima rodada, o Bahia recebe o Avaí na Ressacada. O jogo será na sexta-feira, às 20h30. Já o Náutico atua no sábado, às 16 horas, contra o Marília, fora de casa.

Agencia Estado,

15 de outubro de 2004 | 22h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.