Náutico vence e deixa Guarani à beira da zona de rebaixamento na Série B

Derrota por 2 a 0 coloca o bugre na 16ª colocação, com apenas 34 pontos

Estadão Conteúdo

14 Outubro 2017 | 21h26

O Náutico levou a melhor no duelo direto contra o Guarani contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. O time pernambucano foi mais eficiente e venceu o jogo por 2 a 0, neste sábado, no estádio Lacerdão, em Caruaru, pela 29.ª rodada. O clube vem mandando seus jogos no interior porque a Arena Pernambuco está alugada para eventos religiosos.

Esta foi a quarta vitória nos últimos cinco jogos como mandante do Náutico, que ainda está em situação delicada. Ocupa a penúltima posição, com 26 pontos. Tem oito a menos que o primeiro clube fora da degola, que é o próprio Guarani, com 34, em 16.º lugar.

Os campineiros ainda não puderam contar com o novo técnico Lisca na beira do campo por problemas burocráticos e seguem em queda livre. Venceram apenas uma nas últimas 16 rodadas, tendo ainda empatado seis e perdido outras nove vezes.

O Guarani iniciou o confronto imprimindo um futebol mais intenso e acuando o Náutico. Passada a pressão inicial, porém, o time da casa contou com uma falha do lateral Richarlyson para abrir o placar aos 11 minutos. O atacante Dico alçou bola pela esquerda e Richarlyson apenas observou. Mais atento, o atacante Rafinha se antecipou na segunda trave e marcou de cabeça.

A segunda etapa demorou a engrenar. Quando Guarani começou a pressionar, o time mandante chegou ao segundo gol. Dico recebeu passe do meia Giovanni, fez grande jogada pela esquerda e só rolou para o atacante Bruno Mota. Na área, ele bateu de canhota, no canto esquerdo de Vagner.

Na próxima terça-feira, às 21h30, o Náutico volta a campo para enfrentar o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Enquanto isso, o Guarani recebe o lanterna ABC, no mesmo dia, às 19h15, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 2 X 0 GUARANI

NÁUTICO - Jefferson; Sueliton, Aislan, Feliphe Gabriel e Manoel; Amaral, Diego Miranda, Rafinha (Leilson) e Giovanni; Dico (Renan Paulino) e William (Bruno Mota). Técnico: Roberto Fernandes.

GUARANI - Vagner; Lenon (Luiz Fernando), Ewerton Páscoa, Diego Jussani e Richarlyson; Baraka, Evandro (Caíque), Bruno Nazário, Fumagalli (Denner) e Kevin; Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer (interino).

GOLS - Rafinha, aos 11 minutos do primeiro tempo. Bruno Mota, aos 31 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pablo dos Santos Alves (PB).

CARTÕES AMARELOS - Sueliton, Leílson, Dico (Náutico); Evandro, Bruno Nazário (Guarani)

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Lacerdão, em Caruaru (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.