Náutico vence Guarani e garante vaga

O Náutico assegurou sua vaga no quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer o Guarani, por 1 a 0, neste sábado à tarde, no Estádio dos Aflitos. A vitória deixou o time pernambucano isolado na liderança do Grupo B, com 12 pontos, enquanto o time de Campinas, com três pontos, está eliminado. O gol da vitória foi marcado por Romualdo, aos 16 minutos do segundo tempo, premiando a eficiência do Náutico, que preferiu não se arriscar tanto ao ataque. Tanto que no primeiro tempo, o Guarani criou inúmeras chances para abrir o placar, mas não conseguiu ou por falta de categoria de seus atacantes ou pelas grandes defesas do goleiro Rodolfo, considerado o melhor em campo. "Jogamos pelo regulamento, na raça e na vontade. Vencemos e garantimos nossa vaga", comemorou o técnico Roberto Cabalo. Do lado do Guarani, o técnico Luiz Carlos Ferreira jogou a toalha: "Nossos jogadores deram o máximo, mas não vencemos. Acho que fomos longe demais, porque na primeira fase saímos da lanterna para a terceira posição". Para dominar o primeiro tempo, o Guarani usou o esquema 4-4-2, com quatro homens de marcação. Assim conseguiu explorar os avanços de seus dois laterais: Márcio Araújo e Mariano. O Náutico ameaçou apenas duas vezes no contra-ataque. No segundo tempo, o time da casa voltou mais bem posicionado, equilibrando as ações de meio campo. Aos 16 minutos, Danilo fez bonita jogada, passou por dois adversários e mesmo caído tocou para Romualdo, dentro da área, que ajeitou e chutou cruzado: 1 a 0. O Guarani ainda tentou uma virada milagrosa, mas não conseguiu, principalmente, pelas grandes defesas de Rodolfo. Se o placar não foi tão justo, ninguém pode colocar em dúvida a merecida classificação do Náutico. Na última rodada, o time pernambucano vai enfrentar o Marília, no interior paulista, enquanto o Guarani receberá a Portuguesa, em Campinas.

Agencia Estado,

08 de outubro de 2005 | 18h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.