Náutico vence o vice-líder Paysandu e mantém vivo sonho pelo G4 da Série B

O Paysandu foi surpreendido pelo Náutico na tarde deste sábado e perdeu por 1 a 0, em pleno Estádio Mangueirão, em Belém, pela 27.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado mantém o time paraense na vice-liderança, com 47 pontos, mas agora está a cinco do líder Botafogo. Os pernambucanos foram a 40, na oitava colocação, a seis do G4.

Estadão Conteúdo

19 de setembro de 2015 | 20h09

O primeiro tempo foi movimentado e com os dois times procurando o gol. O Paysandu, por estar atuando diante do seu torcedor, teve as melhores chances. A primeira logo a um minuto, quando o atacante Betinho recebeu cruzamento e sem marcação chutou em cima do goleiro Júlio César.

No final do primeiro tempo, o time paraense ainda teve outras duas oportunidades. Uma novamente com Betinho, em que finalizou para boa defesa do goleiro do Náutico. E depois com Jhonnatan, aos 35, que recebeu na entrada da área e finalizou com perigo também em cima de Júlio César.

No segundo tempo, o Náutico voltou melhor e foi superior ao Paysandu. Em um lindo lance, o atacante Bruno Alves deixou o zagueiro Thiago Martins duas vezes no chão, mas finalizou para fora. Aos 21 minutos, no entanto, o time pernambucano não desperdiçou. Após cobrança de escanteio, Rafael Pereira aproveitou confusão na pequena área e fez 1 a 0. No final da partida, a equipe da casa foi todo ao ataque e na base das jogadas aéreas tentou empatar. Mas parou na defesa do Náutico, que segurou o resultado positivo até o apito final.

O Paysandu volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Vitória, às 16h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). No mesmo dia e horário, o Náutico recebe o ABC, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, região metropolitana de Recife.

FICHA TÉCNICA:

PAYSANDU 0 X 1 NÁUTICO

PAYSANDU - Emerson; Yago Pikachu, Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Gilson, Fahel (Aylon), Jhonnatan (Edinho) e Carlos Alberto (Roni); Betinho e Léo Melo. Técnico: Dado Cavalcanti.

NÁUTICO - Julio César; Lucas Farias, Ronaldo Alves, Rafael Pereira e Gaston Filgueira; Jackson Caucaia, Fillipe Soutto, Marino e Guilherme Biteco (Bergson); Bruno Alves (Elivelton) e Douglas (Rogerinho). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

GOLS - Rafael Pereira, aos 21 minutos do segundo tempo (Náutico).

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

CARTÕES AMARELOS - Carlos Alberto (Paysandu); Jackson Caucaia e Bruno Alves (Náutico).

RENDA - R$ 313.737,00.

PÚBLICO - 18.133 pagantes (20.186 total).

LOCAL - Estádio Mangueirão, em Belém (PA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPaysanduNáutico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.