Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Negociado, Keno dá adeus ao Palmeiras: 'Lembrarei sempre com carinho da torcida'

Atacante vai defender o Pyramides FC, do Egito, pelas próximas três temporadas

Estadão Conteúdo

27 Junho 2018 | 20h18

O atacante Keno está de partida do Palmeiras. Nesta semana, o jogador visitou a Academia de Futebol, durante a reapresentação do elenco após um período de folga com a parada do calendário para a Copa do Mundo da Rússia, para despedir-se dos companheiros de time e funcionários do clube. Negociado no último final de semana, o jogador defenderá o Pyramides FC, do Egito, pelas próximas três temporadas e deve viajar ainda nesta semana, com seu empresário Edson Neto, para acertar detalhes de sua transferência.

+ Scarpa consegue liminar, fica livre do Fluminense e pode voltar ao Palmeiras

Emocionado, Keno falou sobre as lembranças vividas em um ano e meio de Palmeiras. "A gente fica triste de deixar tanta gente legal, né? Passei muita coisa boa aqui no Palmeiras. Um time que todo mundo sonha jogar um dia e eu tive o prazer de vestir essa camisa", lembrou o atacante. "Fui muito bem recebido desde o primeiro dia aqui no clube e só tenho que agradecer os meus colegas de elenco, comissão técnica, os treinadores com quem trabalhei, dirigentes e todos os funcionários. Aprendi muito aqui com todos eles, sentirei saudades", continuou.

Vindo do Santa Cruz em janeiro de 2017, depois de ser um dos destaques da equipe pernambucana, o jogador fez 84 jogos com a camisa alviverde, marcou 19 gols e deu nove assistências. Mais que números, imprimiu um estilo que alia dribles e velocidade para derrubar as defesas adversárias e conquistar o respeito do torcedor palmeirense.

"Lembrarei sempre com carinho da torcida do Palmeiras, ela sempre me apoiou. Toda vez que me recordo dela gritando meu nome, dá até um aperto", falou Keno, muito emocionado. "Chegou minha hora de sair, mas, mesmo de longe, acompanharei os jogos e continuarei torcendo pelo sucesso do Verdão", concluiu.

Anunciado pela imprensa do Egito como a contratação mais cara do futebol local, Keno já vinha sendo alvo de investidas de clubes árabes desde o início da temporada. No último final de semana, porém, o Pyramides FC, clube de propriedade de Turki Al-Sheikh, ministro dos Esportes da Arábia Saudita, responsável pelas negociações do futebol naquele país, bateu o martelo com uma oferta de US$ 10 milhões (aproximadamente R$ 37,8 milhões), aceita pelo Palmeiras.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Keno

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.