Nelsinho confia em duas vitórias

Em apenas cinco dias a Ponte Preta fará dois jogos decisivos no estádio Moisés Lucarelli. Quarta-feira enfrenta o Remo-PA pela Copa do Brasil, valendo uma vaga nas quartas-de-finais, e domingo pega o Botafogo, por um lugar na final do Campeonato Paulista. Para o técnico Nelsinho Baptista, o time está pronto para superar estes dois desafios."Nosso planejamento foi elaborado em cima destas duas competições. O grupo de jogadores é bom e vamos trabalhar para vencer estes dois jogos e continuar brigando pelo título das duas competições", garante Nelsinho que antecipou sua intenção de escalar sempre o time titular em todos os jogos, independente da competição.Mesmo jogando em casa e diante de sua torcida, a Ponte precisa da vitória nos dois casos. Com relação à Copa do Brasil, ela perdeu em Belém por 3 a 2 e agora tem que vencer o jogo, no mínimo, pela diferença de um gol, sabendo que o gol fora tem valor dobrado. Uma vitória pelo mesmo placar, 3 a 2, leva a decisão da vaga para a cobrança de pênaltis.Com relação ao Paulistão, o time campineiro só depende de uma vitória simples. Perdeu a primeira partida semifinal por 2 a 1 e agora precisa da vitória. Se passar para as finais, outra vez, a Ponte entra em campo por dois resultados iguais. A Ponte está invicta neste Campeonato Paulista no Moisés Lucarelli: venceu sete jogos e empatou dois, quando perdeu a disputa do ponto extra para São Paulo e União Barbarense. A maioria dos gols no campeonato também saíram em casa: 18, dos 26 marcados. A defesa sofreu apenas 7 golsOutro fator que faz a diferença é a presença da torcida, que no Paulistão manteve uma média de 10 mil pessoas. É por isso, talvez, que o técnico Nelsinho Baptista demonstre tanta confiança no seu time. Mesmo precisando de duas vitórias, ele não perde a esperança: "Confio na personalidade do grupo. Estamos prontos para estas duas batalhas", sentenciou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.