Nelsinho promete São Paulo ofensivo

O melhor ataque, contra a defesa que ainda não sofreu gol na Copa dos Campeões. Esse deve ser a tônica do primeiro duelo entre São Paulo e Coritiba, pelas semifinais da competição, neste sábado, às 16 horas, em João Pessoa. O clube paulista promete manter o esquema ofensivo, que marcou nove gols nas duas partidas sobre o Sport Recife, enquanto a equipe paranaense, que adota o esquema 3-5-2, promete ser novamente forte na marcação e eficiente nos contra-ataques."Eles tem uma tática que vai exigir da minha equipe muita movimentação no ataque e jogadas de linha de fundo. O 3-5-2 não é novo, começou a ser utilizado na Copa de 1990, mas quando bem armado dá bons resultados", diz o técnico do São Paulo, Nelsinho Baptista que terá pela frente o veterano atacante Evair, com quem rompeu as relações de amizade em 1992.Na época, Nelsinho era treinador do Palmeiras e o jogador fazia parte do elenco do clube do Parque Antártica. Os dois se desentenderam e Evair foi afastado do time. "Não nos falamos, porém, o assunto está superado, esquecido", ressalta o técnico, que vê no atacante Enílton, um dos destaques do time paranaense. "Ele sozinho na área, mas dá muito trabalho?, diz Nelsinho, que dá pistas sobre como pretende explorar a defesa adversária. ?O Coritiba tem o atacante Juliano funcionando como ala, pela direita. Pode ser uma arma deles para atacar, mas o jogador não tem características de marcação", ressalta o treinador.O lateral-esquerdo Gustavo Nery deverá fazer parte da estratégia de Nelsinho para surpreender o adversário. No segundo jogo contra o Sport, o lateral foi importante nas jogadas de velocidade. Dos seus cruzamentos saíram as jogadas que resultaram em dois gols do time paulista. "Mesmo com Juliano de ala não posso deixar o ataque", afirmam Gustavo Nery. "O time está acostumado com minhas jogadas de linha de fundo." Nelsinho aposta muito na dupla de atacantes França e Luís Fabiano. Cada um marcou três gols na competição e disputam a artilharia. Eles estão um gol atrás do artilheiro Reinaldo, Flamengo.Os dois tentam evitar que o interesse do São Paulo pelo atacante Edmundo possa desestabilizar o ambiente da equipe. França sonha em se transferir para o futebol europeu e Luís Fabiano, cujo passe pertence ao Rennes, da França, e está avaliado em US$ 4 milhões, quer permanecer no Morumbi na próxima temporada. "Mas um clube como o São Paulo sempre está precisando de reforços. Se Edmundo vier será bem recebido", diz França para acabar com os boatos de que a notícia sobre a possível contratação do atacante havia criado mal-estar no elenco.Luís Fabiano está pronto para jogar. Na quinta-feira ele deu susto na comissão técnica ao bater a cabeça no armário do apartamento, no qual a delegação do São Paulo está concentrada. O atacante levou três pontos, mas em uma região, que, segundo o médico do clube, José Sanchez não vai prejudicá-lo nem jogadas de cabeceio. Rogério Ceni, que havia se queixado de dores na coxa, fez exames de ressonância magnética e não foi constatado nenhum problema sério.

Agencia Estado,

29 de junho de 2001 | 15h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.