Nelsinho quer fazer história na Ponte

O técnico Nelsinho Baptista pode entrar para a história da Ponte Preta, caso chegue às finais e conquiste o título de campeão paulista. O clube, que tem 100 anos de história, nunca conquistou um título na elite do futebol brasileiro e no Majestoso, não há ninguém mais confiante do que o técnico em derrubar este tabu. O primeiro primeiro jogo das semifinais acontece neste domingo contra o Botafogo, às 16h, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto."Não me preocupo com isso. O Corinthians também nunca tinha vencido um Brasileiro e conseguimos ser campeões", disse o treinador, que conquistou o inédito título, em 1990, pelo time do Parque São Jorge. Nelsinho passa para os seus jogadores a importância de se estar disputando uma semifinal de Campeonato Paulista. "O importante é mantermos a mesma personalidade da fase de classificação", receita Nelsinho.O treinador só não quer que o clima de empolgação contamine o elenco. "Agora é grande o assédio e a procura por entrevistas. Eles não podem misturar as coisas. É preciso lembrar que o Botafogo é uma grande equipe e merece respeito", completa Nelsinho, recordando a rivalidade entre os clubes do interior.Ele próprio participou de uma decisão histórica, em 1990, quando dirigia o Novorizontino contra o Bragantino, na inédita final caipira. "Fomos vice-campeões, mas não perdemos para o campeão Bragantino. Disputamos dois jogos na fase de classificação e depois dois jogos finais, que terminaram empatados em 1 a 1", lembrou, citando que o time de Bragança só levou o título por conta da melhor campanha.Se a Ponte não é acostumada a títulos, o mesmo não acontece com Nelsinho. O ex-lateral direito revelado pelo próprio time de Campinas, defendeu o São Paulo e o Santos. Como técnico ele tem no seu currículo dois títulos paulistas (Corinthians em 97 e São Paulo em 98). Foi campeão paranaense (Atlético em 1988), brasileiro pelo Corinthians, além de conquistar o bicampeonato japonês pelo Verdy Kawasaki (1994 e 1995).Tudo definido Para chegar a estas conquistas, Nelsinho sempre usou sua experiência em campo. Agora não é diferente. Ele continua fazendo mistério para divulgar a escalação do time, que terá o terceiro goleiro Lauro como titular, por causa da suspensão de Alexandre e d a contusão do reserva Adriano.Luciano vai substituir o ala Elivélton, com dois cartões amarelos, e no meio-campo Marco Aurélio entra no lugar de Piá, suspenso por expulsão. Outros dois jogadores voltam após cumprirem suspensão: o experiente Ronaldão, capitão do time, e o lateral direito Carlos Alexandre, que vão entrar nos lugares, respectivamente, de Alex Oliveira e Gláucio.Os jogadores participaram de um treino técnico-tático à tarde, e devem iniciar a concentração no período da noite. Neste sábado cedo, o grupo faz um rachão no gramado do estádio Moisés Lucarelli, onde almoça e segue depois para Ribeirão Preto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.