Nelsinho troca o Goiás pelo Flamengo

A uma semana da estréia do Goiás no Campeonato Brasileiro, o técnico Nelsinho Batista oficializou seu pedido de demissão do time, que domingo também disputa a final do Campeonato Goiano para substituir Evaristo de Macedo, demitido após a goleada sofrida diante do Fluminense pelo Estadual do Rio. "Eu aceitei a proposta do Flamengo e agora vou trabalhar no Rio de Janeiro", disse Nelsinho à Agência Estado."O Nelsinho acaba de pedir demissão", disse nesta sexta-feira Raimundo Queiroz, presidente do Goiás. "Ele me contou que já tem um contrato acertado, e começa a trabalhar na segunda-feira no Flamengo", afirmou o dirigente do alviverde.O treinador, que dirigiu diversas equipes de São Paulo, entre elas o Corinthians, o São Paulo e o Palmeiras, não quis adiantar detalhes sobre a proposta de trabalho do seu novo clube.Negou, ainda, que o salário será de R$ 100 mil no Flamengo, como vem sendo especulado: "Não é este valor, isso não é verdade", disse ele. "Mas também eu não vou falar o quanto é", irritou-se. Após o pedido de demissão, ele deixou o clube às pressas. Mas garantiu que vai dirigir o Goiás domingo, contra o Novo Horizonte, na partida final do Campeonato Goiano. Para ser campeão, o Goiás terá de vencer no jogo normal e depois nos pênaltis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.