Nelsinho troca São Caetano pelo Japão

O técnico Nelsinho Baptista está de malas prontas para o Japão. Ele comandará o São Caetano, nesta quarta-feira, contra o Palmeiras, na estréia das equipes na Copa Sul-Americana, mas depois anunciará oficialmente seu desligamento do clube. Nelsinho estreou no São Caetano no dia 24 deste mês, na vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense. Depois disso, orientou o time no empate por 0 a 0 diante do Internacional, em Porto Alegre. O técnico vai dirigir o Nagoya Grampos, devendo receber US$ 90 mil dólares por mês.A direção do clube ainda nega a saída do técnico, mesmo porque corre atrás de outro nome após a escolha precipitação em substituir Mário Sérgio. Antes de assumir o cargo, Nelsinho já teria avisado os dirigentes da possibilidade de se transferir para o futebol japonês. Surgem como opções os nomes de Tite, ex-Grêmio, de Hélio dos Anjos, do Sport Recife e numa solução mais regional de Luiz Carlos Ferreira, conhecido como "Rei dos Acessos" e que está fora do Brasileiro.Nelsinho completou 53 anos no último dia 22 e já tem experiência no Japão, onde dirigiu o Verdy Kawasaki de 1994 a 1996, sendo bicampeão japonês em 1994 e 1995. Junto com ele vão o auxiliar técnico Mauro, ex-ponta-esquerda do Corinthians, e o seu filho, o preparador físico Eduardo Baptista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.