Nélson Rodrigues considera justa a vitória do Brasil

O técnico da seleção brasileira sub-20, Nélson Rodrigues, considerou merecida a vitória do Brasil sobre o Peru por 2 a 1, na madrugada desta quarta-feira, pela segunda rodada do Sul-Americano da categoria, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. A equipe só conseguiu o resultado com um gol do volante e capitão Lucas, aos 46 minutos do segundo tempo. "Eles se fecharam muito bem, dentro da proposta defensiva com que entraram no jogo. Mas a seleção não desistiu, criou várias oportunidades, até que acabou premiada com a vitória", afirmou o treinador. O Brasil saiu na frente, também com Lucas, que fazia aniversário na terça-feira. Mas o Peru empatou em seguida, aproveitando uma bobeada da defesa brasileira, com Esmodes. E, assim como na estréia, quando bateu o Chile por 4 a 2, a seleção esbarrou em muitos erros de passe no meio-de-campo e na falta de velocidade para armar as jogadas e escapar da retranca peruana. Nem mesmo a entrada de Alexandre Pato serviu para acender a equipe, e o gol da vitória brasileira acabou saindo mesmo graças à forte e desordenada pressão: já nos acréscimos, o apagado lateral-esquerdo Carlinhos cruzou e Lucas se antecipou à zaga para definir o jogo. "Jogamos de igual para igual e só perdemos porque o árbitro, injustamente, deu três minutos de tempo adicional", reclamou o técnico do Peru, o argentino José Luis Pavoni, que não fez avaliação tão positiva da equipe rival. "O Brasil se desesperou", disse. Rodrigues acredita que a defesa melhorou no segundo tempo, quando o volante Roberto passou a atuar mais recuado, como um líbero, mas admitiu que há correções a fazer na equipe. "Há muito tempo até sábado, veremos o que fazer", disse, sobre o próximo jogo, às 22 horas (de Brasília), contra a Bolívia. Com a vitória, o Brasil se isolou na liderança do Grupo A, com seis pontos. O Paraguai, que venceu o Chile por 1 a 0 na preliminar, está em segundo, com 4. Nesta quinta-feira será disputada a terceira rodada da chave, com Paraguai x Peru e Bolívia x Chile. O Brasil está de folga nessa rodada e só voltará a campo no próximo sábado. A dupla de zaga Thiago Heleno e Eliézio, suspensa por dois cartões amarelos, está fora do jogo contra os bolivianos. David, do Palmeiras, e Anderson, do Fluminense, serão os substitutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.