Alexander Hassenstein / EFE
Alexander Hassenstein / EFE

'Nem ousava sonhar com isso', diz Lewandowski após quebrar recorde de Gerd Müller

Atacante polonês se tornou o maior artilheiro de uma única edição do Campeonato Alemão, com 41 gols

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2021 | 00h10

Robert Lewandowski já pode ser considerado um dos grandes ídolos da história do Bayern de Munique. E, no último sábado, superou uma marca impressionante de outra lenda do time bávaro: com os dois gols marcados sobre o Augsburg, Lewandowski chegou a 41 na temporada 2020-21 e superou Gerd Müller, até então o maior artilheiro em uma única edição do torneio.

"Eu ainda nem consigo avaliar a importância desse recorde para a minha vida. Mesmo no momento com os 40 gols foi algo especial. Era simplesmente inimaginável para mim que eu poderia chegar a essa marca. Eu nem ousava sonhar que eu poderia marcar tantos gols em uma só temporada", comentou Lewandowski após a partida à revista Kicker.

"Eu sei que Gerd Müller realizou um feito histórico e eu tenho o mais alto respeito por ele. Ele estabeleceu esta marca em 1971/72. Era um mundo diferente, um futebol diferente, uma geração diferente. Depois de quase 50 anos, nós e o Bayern agora criamos algo novo e fizemos história" analisou Lewandowski, demonstrando respeito pelo antigo detentor do recorde.

"Eu não olho apenas para mim mesmo e fico nisso. Os problemas das outras pessoas são meus problemas também. Se você só olhar para si mesmo, a vida é fácil. Não há grande diferença entre quem eu era antes e quem sou agora. Não importa quem você se tornou e quem você é agora. A coisa mais importante é sempre saber de onde você veio e eu nunca esqueci de onde eu vim", completou o atacante ainda, ao falar sobre o feito.

Lewandowski pode superar outro recorde de Müller na próxima temporada: o de artilheiro de mais edições do Campeonato Alemão. O ex-jogador esteve no topo da lista de goleadores do torneio sete vezes entre 1967 e 1978, enquanto o atacante da atualidade alcançou seu sexto feito nesta temporada - a mesma em que o Bayern venceu seu 30º título alemão, o nono em sequência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.