Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Nenê comemora ponto conquistado pelo Fluminense no Mineirão

Meia valorizou o empate com o Cruzeiro que mantém o time carioca fora de zona rebaixamento

Redação, Estadao Conteudo

10 de outubro de 2019 | 00h46

Os jogadores do Fluminense não conseguiram esconder a felicidade em terem arrancado um empate sem gols do Cruzeiro, na noite desta quarta-feira, em Belo Horizonte. Assim que o árbitro gaúcho Jean Pierre Gonçalves de Lima apitou o fim da partida, eles se abraçaram no gramado do Mineirão.

Jogador mais experiente do elenco tricolor, o meia Nenê lamentou alguns contra-ataques desperdiçados pelo Fluminense ao longo da partida, mas valorizou o ponto conquistado diante de um concorrente direto.

"Eles estavam dando a vida, jogando em casa. Então esse ponto foi de grande valia. É claro que a gente preferia a vitória, tivemos algumas oportunidades no contra-ataque, mas faltou um pouco de capricho", destacou Nenê.

No sábado, o Fluminense volta a campo diante do Bahia, às 19 horas, no Maracanã. O camisa 77 convocou a torcida tricolor para comparecer ao estádio. "É mais uma decisão. Vamos descansar ao máximo para buscar os três pontos e se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. Quero ver todo mundo no Maracanã torcendo para a gente", disse o meia.

Ainda invicto no comando do Fluminense - duas vitórias e um empate -, o técnico Marcão não vai poder contar com o volante Yuri e o meia Paulo Henrique Ganso. Ambos receberam o terceiro cartão amarelo e vão cumprir suspensão no fim de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.