Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Nenê culpa ansiedade por falhas do Fluminense: 'Não temos mais margem de erros'

Jogadores destacam que elenco está sofrendo com a falta de confiança por conta dos resultados ruins no Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2019 | 22h15

O experiente meia Nenê não tem dúvida de qual caminho o Fluminense deve seguir nas últimas oito rodadas do Campeonato Brasileiro para evitar o rebaixamento à Série B. Para ele, mais uma vez, o time pecou no último passe e na finalização. Por isso não saiu do empate sem gols com o Vasco, neste sábado à noite, no Maracanã, pela 30ª rodada.

"O que atrapalha é a ansiedade, mas precisamos manter a cabeça no lugar. O erro no último passe e nas finalizações não deixam a gente marcar gols, o que já aconteceu no início do campeonato. Não temos mais margem de erros e precisamos melhorar nas últimas rodadas", resumiu Nenê.

Já o volante Allan indicou que o elenco está sofrendo com a falta de confiança. "A gente tenta, tenta e a bola não entra. Este é um empate com sabor de derrota, porque nós fomos superiores e não vencemos. Mas acho que foi um pontinho importante, porque não perdemos", concluiu.

Com 31 pontos, o Fluminense segue na zona de rebaixamento, com 17º lugar, um atrás do Cruzeiro, só na frente de CSA (29), Chapecoense e Avaí.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.