Rubens Chiri / saopaulofc.net
Rubens Chiri / saopaulofc.net

Nenê diz que calor e umidade do ar em Fortaleza prejudicou atuação do São Paulo

Meia diz que time precisa melhorar a produção e aproveitamento das jogadas e mereceu sair com a vitória

Wilson Baldini Jr., Estadão Conteúdo

22 de abril de 2018 | 19h26

O forte calor e a umidade do ar em Fortaleza, neste domingo, foram apontados pelo meia Nenê como responsáveis pela má atuação do São Paulo no empate sem gols com o Ceará, na Arena Castelão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Diego Aguirre mostra descontentamento com empate do São Paulo em Fortaleza

+ Palmeiras derrota o Internacional por 1 a 0 e ganha a primeira no Brasileirão

"Erramos muito o último passe. Eu mesmo errei alguns. Sentimos muito o calor, estava abafado, a umidade do ar... Fora de casa é um resultado bom, mas poderíamos ter saído com o resultado melhor", afirmou Nenê.

O meia entrou no segundo tempo e teve uma atuação apagada, mas levou perigo ao gol cearense com um chute longo, defendido pelo goleiro Éverson, aos 38 minutos da etapa final. "Precisamos aprimorar nos treinamentos para termos uma melhor produção e aproveitamento nas finalizações".

Apesar de tudo, Nenê afirmou que o São Paulo foi melhor na partida e merecia somar três pontos. "Saímos com um gosto de vitória", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.