Nenê diz que só pensa no Santos

O atacante Nenê, artilheiro do Santos no Brasileiro, com sete gols marcados, quer aproveitar ao máximo a boa fase que vive. Procura se concentrar apenas nos desafios que cada jogo representa e deixar de lado a possibilidade cada vez mais concreta de jogar no futebol europeu. "Estou pensando só no Santos, quero cumprir meu contrato até o final do ano, mas uma transferência é uma decisão dos dirigentes", disse ele, evitando sempre comentar o andamento das negociações que o Paulista, que detém os direitos federativos do atleta, está mantendo com o Mallorca. Mesmo na artilharia, Nenê não garantiu ainda a condição de titular. No jogo contra o Grêmio, foi escalado por conta do problema intestinal de Robinho e agora permanece na equipe com a suspensão de Fabiano. Mas acha que não há mais razão para os comentários de que rende mais quando entra durante o jogo. "Mostrei numa seqüência de jogos uma regularidade e fiz vários gols". No jogo de sábado passado, ele não foi bem. Só que todos os santistas estiveram mal dentro de campo. E Leão defende seu jogador. "Ele não foi bem, mas nas outras vezes que entrou como titular, apresentou um bom futebol". Na partida de amanhã contra o Atlético-MG, Nenê vai formar a dupla de ataque com Robinho. Como os dois jogam pelas pontas, ele ficará do lado esquerdo e Robinho pelo direito, mas com liberdade para trocarem de posição quando for conveniente. Nenê define a dupla como "alegre e versátil". Sem um centroavante de ofício para esse jogo, o ataque santista terá Elano pelo meio, mais próximo do gol adversário, ele que já marcou quatro gols. "O entrosamento de todos está muito bom e vamos fazer de tudo para recuperar os pontos perdidos sábado nesse jogo em casa", concluiu Nenê.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.