Divulgação/São Paulo FC
Divulgação/São Paulo FC

Nenê marca, São Paulo vence e quebra tabu diante do Atlético-PR na Baixada

Equipe tricolor faz 1 a 0 com gol de pênalti e volta a vencer do Brasileirão com o primeiro triunfo no estádio dos rivais

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

09 Junho 2018 | 17h54

Buscando recuperar a confiança depois de resultados ruins diante de Palmeiras e Internacional, o São Paulo teve dificuldades neste sábado diante do Atlético-PR, mas soube aproveitar uma bobeira da zaga paranaense para, de pênalti, fazer 1 a 0 e acabar com o tabu de jamais ter vencido dos rubro-negros na Arena da Baixada.

+ AO VIVO: Veja como foi o jogo, lance a lance

+ Veja como fica a tabela do Brasileirão

Reforçado por Nenê, desfalque diante do Inter, o time de Diego Aguirre foi surpreendido com um Atlético bastante fechado, algo que chegou a irritar sua torcida, única, no estádio. Buscando espaços, o São Paulo precisou de alguns minutos até conseguir se estabilizar. Viu-se ameaçado pelos mandantes nos primeiros minutos, que conseguiam pôr velocidade nos contra-atauques.

Mas a equipe tricolor mostrou o valor de seu entrosamento - principal problema no empate sem gols com os gaúchos, terça - e passou a dominar a jogo em Curitiba. Diego Souza, duas vezes, e Everton pararam em Santos, que via o São Paulo criar as oportunidades de maior perigo no jogo.

No segundo tempo, o jogo ficou tricolor. Pelas pontas, Aguirre viu brechas na equipe paranaense, e apostava suas fichas nas jogadas de velocidade. Na Arena, os torcedores passavam a vaiar o próprio time. A pressão ajudou o São Paulo.

Aos 13 da segunda etapa, o zagueiro atleticano Bruno Guimarães se enrolou com a bola na zaga, viu Nenê roubar a bola e passar para Everton na pequena área. Marcado por Camacho, foi derrubado e o juiz deu pênalti. Nenê converteu e pôs o São Paulo na vantagem.

Pressionado, o Atlético-PR tentou esboçar uma reação apenas no minutos finais de jogo, mas já não dava mais tempo. De fora da área, Raphael Veiga ficou nas mãos de Sidão. O goleiro ainda defendeu com o peito uma cabeçada de Thiago Heleno na pequena área. 

FICHA TÉCNICA

Atlético-PR 0 x 1 São Paulo

Atlético-PR: Santos; Wanderson (Guilherme), Thiago Heleno e Bruno Guimarães; Marcinho, Lucho González (Pavez), Camacho e Thiago Carleto; Raphael Veiga, Bergson e Pablo (Bill). Técnico: Fernando Diniz.

São Paulo: Sidão; Militão, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Araruna (Petros); Nenê (Lucas Fernandes), Everton e Diego Souza (Tréllez). Técnico: Diego Aguirre.

Gol: Nenê, aos 16 do 2º tempo.

Amarelos: Nenê, Jucilei, Raphael Veiga, Hudson, Camacho e Bergson.

Juiz: Anderson Daronco (RS).

Público: 9.323.

Renda: R$ 228.490,00.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.