Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

'Nesse time não tem titular ou reserva', afirma Balbuena

No final do segundo tempo jogador garantiu a vitória para o Corinthians

Vitor Marques, Estadão Conteúdo

31 de março de 2016 | 09h05

Balbuena foi o herói do Corinthians na vitória sobre a Ponte Preta, por 2 a 1, no Itaquerão. Mas foi preciso uma logística especial para que ele entrasse em campo nesta quarta-feira. Convocado pela seleção paraguaia, o zagueiro esteve no Defensores de Chaco, em Assunção, na terça-feira. Ele não entrou campo, mas apesar do desgaste da viagem, fez questão de retornar o mais rápido possível ao Brasil para jogar pelo Campeonato Paulista. E foi dele o gol da vitória, marcado aos 37 minutos do segundo tempo.

"O importante é que estamos nos entrosando cada vez mais e mostramos que temos muito o que crescer ainda. Nesse time não tem titular ou reserva, são 20 e poucos jogadores. O mais importante é vencer", disse Balbuena. "A gente queria fazer uma boa partida. O time esteve todo tempo ligado no jogo, sempre concentrado."

Após o jogo, o técnico Tite afirmou que havia definido na segunda-feira que Balbuena iria para o jogo. Mas ele admitiu que treinou o time com Yago para se precaver de algum contratempo. "Já estava definido na segunda-feira que jogaria o Balbuena, mas treinei com outro jogador se tivesse problema. O Edu Gaspar entrou em contato com ele antes mesmo do jogo contra o Brasil para não tirar o foco dele", contou o treinador.

O gol de Balbuena foi importante para o Corinthians. Com a vitória, o time foi a 32 pontos e confirmou a primeira colocação geral do Paulistão. Mesmo assim, Tite vai escalar os titulares no próximo domingo, no clássico contra o Palmeiras.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.