Netinho espera voltar em duas semanas no Atlético-PR

O meia Netinho fez uma cirurgia para tratar de uma pubalgia no meio de maio e, desde então, tem trabalhado firme para estar à disposição da equipe. Depois de retornar a treinar com o elenco há cerca de dez dias, o jogador acredita que finalmente poderá ser escalado em duas semanas.

AE, Agencia Estado

30 de julho de 2009 | 19h14

"Estou me sentindo bem. É uma cirurgia complicada e é isso que prolonga a recuperação. Mas na parte muscular estou me sentindo muito bem. Então, para voltar a jogar é questão de alguns dias", explicou o jogador, comentando também sobre a coincidência da situação vivida hoje com a do ano passado, quando voltou de uma lesão nas costas num período em que o clube estava mal no Campeonato Brasileiro.

"A situação não é muito boa, mas no ano passado eu voltei de uma lesão nas costas em um momento parecido. Mas estou com uma expectativa boa de voltar, jogar e poder ajudar. Parei em uma situação ruim para mim e com a torcida me criticando muito. Mas quero voltar e ajudar, e honrar essa camisa", afirmou o jogador.

Embora a imprensa tenha divulgado supostas brigas entre ele e Waldemar Lemos, Netinho elogiou o treinador demitido. "Foi uma situação que me surpreendeu porque eu não tenho nenhum problema. Temos uma boa relação e só treinei com ele umas duas ou três vezes. Ele sempre me procurou para me dar alguns conselhos sobre a minha volta, para eu ter calma. Mas sempre com palavras amigas e de motivação. Isso realmente não existe", concluiu Netinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.