Neto pode assumir gerência do Guarani

O Guarani continua atrás de um gerente de futebol para assumir o clube. Um dos nomes mais comentados entre a diretoria é o do ex-jogador e atualmente comentarista da TV Bandeirantes, Neto, que também já passou por grandes clubes como Corinthians, São Paulo e Palmeiras. Ele sempre sonhou em se tornar um dirigente e se diz preparado para assumir esta função. "Se me convidarem, eu aceito. Estou preparado para assumir esta função", disse o ex-craque.Ele admite que, caso assumisse o cargo, faria várias mudanças dentro do clube, já que o Guarani foi rebaixado pela segunda divisão do Campeonato Paulista. ?A diretoria tem que voltar a investir nas categorias de base. Faz tempo que o time não revela um atacante ou um meia. O Guarani sempre teve tradição em revelar jogadores", explica Neto, que disse que a primeira medida já correta foi tomada: a demissão d e Carlos Alberto Silva.Neto sabe bem como é a força das categorias de base do clube, já que é uma das grandes revelações do Guarani. Além do Guarani, Neto jogou pelo Bangu-RJ, São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Santos, Atlético-MG, Lousano Paulista, Milionários da Colômbia, Araçatuba e Matsubara-PR.A melhor fase do jogador foi no Corinthians, quando conquistou o Campeonato Brasileiro de 1990, vencendo o São Paulo. Ano passado, Neto teve seu nome cotado para assumir a gerência do próprio Corinthians, atuando ao lado de Oswaldo Alvarez, na comissão técnica. Mas isso não se concretizou, devido a divergências com o diretor Nei Nujud.O ex-meia Zenon, que foi procurado pela diretoria do Guarani, recusou a proposta de ser o novo gerente de futebol. Ele alegou que não está preparado para assumir o cargo. Somente depois de contratar um novo gerente de futebol é que o presidente José Luiz Lourencetti vai atrás de um treinador para dirigir o time no Campeonato Brasileiro. Os desmoralizados jogadores se apresentam o clube na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.