New York City anuncia a saída do meia Lampard no fim do ano

Ex-jogador do Chelsea jogou quase dois anos nos Estados Unidos

Estadão Conteúdo

14 de novembro de 2016 | 13h17

O New York City anunciou nesta segunda-feira que o veterano meia Frank Lampard está deixando o clube. Aos 38 anos, o ídolo do Chelsea partirá ao término de seu contrato, que chegará ao fim em dezembro. Seu futuro no futebol ainda não está claro e há a possibilidade de que ele deixe os gramados.

"Como meu tempo no New York City chegou ao fim, eu gostaria de agradecer muitas pessoas pela gentileza e o apoio que mostraram ao longo dos últimos dois anos. Também foi um prazer ter esses companheiros ao meu lado. Os incríveis torcedores me deram um incrível apoio", declarou o jogador ao site do clube.

De sua estreia até a última partida vestindo a camisa do New York City, Lampard atuou nos Estados Unidos por pouco mais de um ano. Ainda assim, fez questão de manifestar sua gratidão ao clube. "Me diverti muito no meu tempo aqui e estou muito grato pela oportunidade de jogar por um clube tão grande e em uma cidade tão incrível."

Apesar de ter sido um dos grandes jogadores do futebol mundial durante boa parte dos anos 2000, Lampard teve uma trajetória bastante oscilante nos Estados Unidos. Ele irritou a torcida local já em sua contratação, em 2014, quando relutou em ir para o New York City e insistiu em prorrogar seu período de empréstimo no Manchester City.

Quando finalmente estreou, em agosto do ano passado, mostrou um desempenho muito abaixo do esperado e chegou a ser vaiado em algumas oportunidades, como na goleada sofrida no clássico local para o New York Red Bulls, por 7 a 0, em maio. De lá para cá, no entanto, arrancou, teve grandes exibições e chegou a ser cogitado para o prêmio de MVP (jogador mais valioso) da Major League Soccer (MLS).

"O que o Frank trouxe para o vestiário é algo muito importante. Sua experiência, a mentalidade de elite e a liderança com os garotos do elenco nos ajudaram muito. Está claro que o Frank abraçou a ideia de jogar por esta liga e este clube. Sou grato por seus serviços em meu primeiro ano aqui e desejo a ele o melhor no que for fazer", elogiou o técnico do New York City, o ex-volante francês Patrick Vieira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.