Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Brad Penner / USA Today Sports
Brad Penner / USA Today Sports

New York City FC avisa o Palmeiras que não liberará Castellanos

Time alviverde agora busca nova opção para o ataque; atuação no mercado de transferências até agora é tímida

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de maio de 2021 | 23h08

O New York City FC, time dos Estados Unidos, informou o Palmeiras que não liberará o atacante Valentín Castellanos para o time brasileiro. Castellanos era um dos principais alvos do Palmeiras no mercado de transferências do início de temporada.

Castellanos é titular absoluto no New York City, e considerado uma peça fundamental para o funcionamento do ataque da equipe. Ele marcou três gols nas três primeiras rodadas da MLS. O time norte-americano buscou um substituto à altura, mas como não encontrou, pôs fim à negociação com o Palmeiras.

O Palmeiras já havia acertado a parte financeira com o grupo City, que controla o New York City (além de outros clubes ao redor do mundo, como o Manchester City). A negociação seria feita de forma parcelada e paga apenas a partir de 2022. O jogador também já havia aceitado a proposta e até pedido para não jogar mais para poder acertar a negociação. Contudo, a franquia da MLS pensava em liberá-lo apenas caso encontrasse outro jogador de nível para a posição.

Até o momento, o Palmeiras tem tido uma presença tímida no mercado de transferências do início da temporada 2021. O clube contratou apenas o volante Danilo Barbosa até o momento, apesar do pedido de Abel Ferreira por reforços principalmente no setor ofensivo.

O Palmeiras pode acabar recebendo um reforço sem pagar nada: o Al-Duhail, do Catar, tem até o próximo dia 15 para decidir se devolve o ponta Dudu, que está emprestado pela equipe alviverde, ou se paga para contratá-lo em definitivo. Caso não queira exercer a opção de compra, o atacante retorna em julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.