Ney Franco admite time desconcentrado no Paulistão

Livre para poder pensar apenas na partida contra o Atlético-MG, o técnico Ney Franco admitiu na noite de sábado que o pensamento do São Paulo está no duelo da Copa Libertadores desde que assegurou a melhor campanha na primeira fase do Campeonato Paulista. Desconcentrado, o time foi derrotado pelo XV de Piracicaba por 1 a 0 e deixou o gramado do Morumbi vaiado.

FERNANDO FARO, Agência Estado

14 de abril de 2013 | 08h40

O treinador reprovou o desempenho da equipe e admitiu que esperava um melhor rendimento. "O primeiro tempo foi muito abaixo coletivamente e não gostei, talvez seja reflexo do fato de termos conquistado a primeira colocação antecipadamente. O adversário foi merecedor do resultado", disse Ney Franco. "Jogamos muito mal. Digo isso coletivamente. Foi um jogo muito abaixo do que podemos fazer."

Sem se abalar com o resultado, o treinador preferiu projetar o difícil duelo com o Atlético. "A gente sabe que quarta-feira é diferente, teremos que jogar muito pra conseguir a classificação, e a gente está mobilizando tudo para esse jogo. Trabalhamos hoje [sábado] e ontem [sexta], o foco e a fala agora está todo em cima de quarta-feira. Estamos ansiosos e queremos que chegue logo esse jogo", admitiu.

O treinador não quis antecipar a equipe que pretende mandar a campo, mas a tendência é que Rodrigo Caio, Denilson e Douglas fiquem com as vagas abertas. Rogério Ceni e Rafael Toloi estão evoluindo das lesões e devem ter condições de jogo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCNey Franco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.