José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Ney Franco celebra acerto de Denilson com São Paulo

Treinador disse que volante é um 'jogador raro' no mercado brasileiro

AE, Agência Estado

14 de junho de 2013 | 16h09

SÃO PAULO - A permanência do volante Denilson no São Paulo, oficializada nesta sexta-feira, quando o jogador assinou contrato até dezembro de 2017 com o clube, foi celebrada por Ney Franco. Defensor da permanência do meio-campista, que estava cedido por empréstimo apenas até o final de junho pelo Arsenal, o treinador ressaltou que seria muito difícil encontrar um substituto para Denilson.

"Hoje em dia, se você tem esse tipo de atleta, tem que fazer de tudo para ele ficar. Não existe no mercado brasileiro boas peças de reposição. E o Denilson é um desses exemplos raros. Essa minha insistência pela permanência dele foi justamente por isso, porque teríamos dificuldade para encontrar um jogador que saiba desarmar e tenha qualidade no passe", afirmou.

A opinião de Ney Franco foi compartilhada pelo goleiro Rogério Ceni. O capitão são-paulino lembrou a ligação de Denilson com o São Paulo e avaliou que o jogador poderá atuar com tranquilidade após definir o seu futuro.

"Fico feliz, porque ele foi revelado aqui e ganhou certa experiência na Europa. Agora, com o contrato renovado, ele terá mais confortável e com a cabeça fria para trabalhar. O Denilson tem muita qualidade e a manutenção dele na equipe é importante", disse Rogério.

O atacante Osvaldo lembrou que Denilson teve participação importante na conquista do título da Copa Sul-Americana no ano passado. "Ele sempre os ajudou e isso ficou nítido conquista da Copa Sul-Americana. Fico feliz pela permanência dele, porque sei que o Denilson pode nos ajudar atrás de mais títulos. É um jogador de grupo e todos gostam dele aqui", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCDenilson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.