José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Ney Franco exalta 1.º lugar, mas cobra evolução tricolor

Para treinador, equipe precisa melhorar para encarar o Atlético-MG pela Copa Libertadores

AE, Agência Estado

11 de abril de 2013 | 11h33

SÃO PAULO - O técnico Ney Franco festejou o fato de o São Paulo ter vencido a União Barbarense por 2 a 1, fora de casa, na noite da última quarta-feira, e assegurado a liderança da primeira fase do Campeonato Paulista por antecipação. O treinador, porém, admitiu que o time precisa evoluir para poder derrotar o Atlético-MG, na próxima quarta-feira, no Morumbi, e ter chances de avançar às oitavas de final da Copa Libertadores.

O comandante reconheceu que o time ficou devendo uma atuação melhor diante do modesto rival de Santa Bárbara d''Oeste e fez apenas o "suficiente" para ganhar. "Em termos de Paulista conseguimos nosso objetivo e pudemos colocar em campo a maioria dos jogadores que estarão em campo quarta-feira, mas sabemos que em relação a desempenho, para vencer o Atlético-MG, temos que jogar muito mais do que foi aqui", ressaltou.

Ney Franco também deixou claro que o São Paulo não pode se iludir com o fato de que conquistou a vantagem de decidir em casa a classificação para todas as fases seguintes do Paulistão, pois já assegurou a liderança da primeira fase por antecipação.

"A gente fez uma boa primeira fase do Paulista, mas agora a competição entra em uma outra fórmula de disputa, o mata-mata, e não pode ter descuido. Não vai adiantar nada decidirmos em casa se entrarmos sem concentração nos jogos. Sabemos que vamos enfrentar equipes difíceis, não podemos desprezar ninguém. Temos uma vantagem considerável, mas precisamos entrar muito focados", alertou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.