Thanassis Stavrakis/AP
Thanassis Stavrakis/AP

Neymar afirma que ainda não esqueceu derrota do Brasil na Copa do Mundo

'É algo que eu queria muito ter conquistado', diz atacante cinco meses após eliminação na Rússia

Estadão Conteúdo

12 Dezembro 2018 | 12h10

Já se passaram cinco meses da eliminação da seleção brasileira na Copa do Mundo, mas a derrota por 2 a 1 para a Bélgica, nas quartas de final do torneio na Rússia, ainda é uma memória viva na mente de Neymar. O atacante declarou que ainda pensa na chance perdida de conquistar o título mundial.

"Ainda não esqueci, não. A Copa do Mundo ainda está na cabeça, é algo que eu queria muito ter conquistado", afirmou Neymar, em vídeo publicado no seu canal no YouTube em que responde perguntas de diferentes pessoas.

Neymar lembrou que precisou passar por cirurgia no início de março no quinto metatarso do pé direito. E ficou três meses sem atuar, só voltando aos gramados às vésperas do começo da participação da seleção brasileira na Copa do Mundo.

O torneio na Rússia foi o segundo Mundial da carreira de Neymar, que está com 26 anos. O atacante liderou a equipe na Copa no Brasil, em 2014, mas ficou de fora da histórica derrota por 7 a 1 para a Alemanha, pelas semifinais, após sofrer fratura na vértebra na partida anterior, contra a Colômbia.

No vídeo, o atacante também destacou o esforço que precisou fazer para participar do Mundial da Rússia. E declarou esperar, evidentemente, que o seu primeiro título mundial - e o sexto da seleção brasileira - seja conquistado em 2022, na Copa do Catar.

"Acabei vindo de uma lesão e a superei para estar naquele momento com os meus companheiros. Não foi dessa vez, mas espero que seja na próxima. Vou me dedicar nesses quatro anos que faltam para chegar à Copa do Mundo. E aí, quem sabe, trazer esse caneco para o Brasil", disse.

Em outra pergunta do vídeo, Neymar reiterou o desejo de vencer a Copa como o maior sonho da sua vida. "O maior sonho profissional sempre foi conquistar o título da Copa do Mundo. Claro que do lado pessoal era ter um filho, no que já fui abençoado. Acho que são esses dois os meus sonhos: ter um filho e ganhar a Copa", comentou.

Com um gol de Neymar, o Paris Saint-Germain derrotou o Estrela Vermelha por 4 a 1, na terça-feira, se classificando às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. O time voltará a jogar no sábado, quando vai visitar o Dijon, pelo Campeonato Francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.