Feline Lim/Reuters
Feline Lim/Reuters

Neymar afirma que foi mal interpretado e nunca quis 'carregar seleção nas costas'

Alex Bernardo, assessor de marketing do astro, usou de suas redes sociais pessoais para reproduzir as palavras do atacante

Redação, Estadão Conteúdo

12 de outubro de 2019 | 11h44

O atacante Neymar utilizou a conta no Instagram de seu assessor de marketing, neste sábado, para afirmar que foi mal interpretado na declaração que deu na última quarta-feira, quando afirmou que "carregou a seleção brasileira nas costas".

"O que eu quis dizer e o que parte da imprensa - a turma dos que não querem entender - não admite é que tudo o que acontece de 'ruim' na seleção brasileira nos últimos anos cai nas minhas costas. Mas já me acostumei com isso e sei que, enquanto estiver servindo a Seleção Brasileira, sou o alvo predileto", diz o texto, publicado no perfil de Alex Bernardo, que faz parte de seu estafe.

No post, Bernardo afirma que tomou a liberdade de reproduzir o que o jogador do Paris Saint-Germain - que está com a equipe do técnico Tite em Cingapura para o amistoso contra a Nigéria neste domingo - teria conversado com ele em particular e que houve polêmica com a declaração apenas no Brasil.

Em outro trecho, sem citar nomes, Neymar torna a reclamar de uma suposta deturpação de sua entrevista. "Não tenho a menor pretensão de 'carregar a seleção nas costas'. Sei da minha importância, sei das minhas responsabilidades, mas nunca me vi nesse papel. Mas fica tranquilo, a maioria entendeu! O recado foi pra alguns mal informados da ' imprensa' mesmo... Rsrsrs E eu entendo que sempre, tudo o que eu falar, vão levar pro lado errado", finaliza o texto.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

“O que eu quis dizer e o que parte da imprensa - a turma dos que não querem entender - não admite é que tudo o que acontece de “ruim” na seleção brasileira nos últimos anos cai nas minhas costas. Mas já me acostumei com isso e sei que, enquanto estiver servindo a Seleção Brasileira, sou o alvo predileto. Não tenho a menor pretensão de “carregar a seleção nas costas”. Sei da minha importância, sei das minhas responsabilidades, mas nunca me vi nesse papel. Mas fica tranquilo, a maioria entendeu ! O recado foi pra alguns mal informados da “ imprensa” mesmo... rsrsrs E eu entendo que sempre, tudo o que eu falar, vão levar pro lado errado” - @neymarjr . Tomei a liberdade de reproduzir na íntegra o que o @neymarjr me falou quando compartilhei com ele a polêmica que se criou - SOMENTE NO BRASIL - sobre a declaração que ele deu na coletiva realizada na última quarta-feira (09/10). Fiquei espantado com a falta de compreensão (maldade) da maioria (não toda) da imprensa do Brasil. Até porque ele falou foi o óbvio. Ou alguém discorda ? Mas o que quero chamar atenção aqui é que os “formadores de opinião” precisam aprender a ouvir antes de sair falando besteiras. Ouvir e entender o que ouviram. É o básico !! Ele não disse que carrega a seleção nas costas... peguem o áudio e escutem. . . . #neymar #neymarjr #njr

Uma publicação compartilhada por Alex Bernardo (@alexbernardo_) em

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.