JuanJo Martin/EFE
JuanJo Martin/EFE

Neymar cancela evento na China e empresa aponta 'transferência' como motivo

Envolvido em negócio com o Paris Saint-Germain, brasileiro briga com companheiro e abandona treino

O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2017 | 11h06

Os sinais de que Neymar pode estar perto de acertar com o Paris Saint-Germain ganharam ainda mais força nesta sexta, 28, depois que uma agência de viagens chinesa, a Ctrip, publicou uma sua conta numa rede social uma explicação para o cancelamento de um evento em que o brasileiro estaria presente.

"O evento com Neymar, marcado para o dia 31 de julho em Shangai, está cancelado porque Neymar e seu estafe estão atualmente negociando uma transferência e não podem prometer sua presença na cidade. Por isso, cancelamos o evento", informou a Ctrip. A empresa prometeu rescarcir os fãs que compraram ingressos para se encontrar com Neymar no evento marcado para acontecer em um hotel na China.

NEYMAR BRIGA COM COMPANHEIRO E DEIXA TREINO

 

O Barcelona tenta de todas as formas manter Neymar no time, mas a última declaração que a diretoria teve do craque foi de que ele ainda estava em dúvida, de acordo com o Globoesporte.com. Isso teria deixado o clube pessimista em relação à permanência do craque.

Para agravar a tensão interna no clube, mais cedo nesta sexta, o brasileiro foi fimado se desentendendo com o companheiro de time no Barcelona Nélson Semedo, recém-chegado como reforço contratado junto ao Benfica, durante um treino em Miami, onde clube realiza parte da sua pré-temporada.

Depois de ser agarrado pelo pescoço em uma jogada, o brasileiro partiu para cima do lateral português e teve de ser contido pelos demais atletas. Após o entrevero, o astro brasileiro jogou o colete de treino no chão e abandonou a atividade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.