Franck Fife/ AFP
Franck Fife/ AFP

Neymar está em Barcelona para encontrar o ex-clube no tribunal

Jogador, que desembarcou na cidade catalã nesta quinta-feira, cobra pagamento de R$ 82 milhões

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2019 | 19h47

A conturbada relação entre Neymar e Barcelona ganhará um novo capítulo. O jogador desembarcou na cidade catalã na tarde desta quinta-feira, mas a viagem nada tem a ver com um eventual retorno à equipe. Pelo contrário. Na manhã desta sexta-feira, às 9h45 no horário local (4h45 de Brasília), o jogador tem encontro marcado com o ex-clube no tribunal, na Cidade da Justiça de Barcelona, para resolver pendências financeiras de ambas as partes.

Neymar cobra do Barcelona o pagamento de 18 milhões de euros (cerca de R$ 82 milhões) referentes ao restante das luvas da renovação de contrato assinada em 2016, além de juros e correção monetária. Na ocasião, o clube adiantou 22 dos 40 milhões de euros (aproximadamente R$ 182 milhões) pactados pela prorrogação do vínculo com o brasileiro. 

Antes de cumprir o acordo, no entanto, o jogador se transferiu para o Paris Saint-Germain em agosto de 2017, mediante pagamento da multa rescisória de 222 milhões de euros. O Barcelona, por sua vez, alega que as luvas estavam associadas ao cumprimento integral do contrato. Além disso, exige a devolução de uma parte proporcional do valor, já que o atleta deixou o clube menos de um ano após assinar a renovação.

A audiência desta sexta-feira já deveria ter acontecido em 31 de janeiro, mas precisou ser adiada porque o Barcelona solicitou ao PSG a apresentação dos contratos originais com Neymar. O clube francês negou o pedido, e o imbróglio ainda não teve fim, mas um novo adiamento está descartado. Após a reunião, a sentença judicial deve sair em no máximo dois meses.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.