Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Neymar chega a hospital em BH onde será operado neste sábado

Atacante passará por cirurgia para correção de lesão no pé direito

Leandro Silveira, enviado especial a BH, O Estado de S.Paulo

02 Março 2018 | 20h01

O atacante Neymar já está em Belo Horizonte para passar por cirurgia no pé direito. Na noite desta sexta-feira, por volta das 20 horas, ele deu entrada na unidade Contorno do Mater Dei, local da sua cirurgia, agendada para a manhã deste sábado.

+ Técnico do PSG nega divergência entre clube e seleção no caso Neymar

+ Ex-presidente do Barcelona diz que ida de Neymar ao PSG é ponte para Real

Antes, o jogador desembarcou de seu jatinho no Aeroporto da Pampulha e se dirigiu para o carro que o levou ao hospital com o auxílio de muletas. Neymar estava acompanhando do médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, que será o responsável pelo procedimento, além da mãe Nadine, da irmã Rafaella e dois amigos. Junto a Neymar, chegaram outros carros. E neles estavam membros do PSG, como o ex-jogador Maxwell, coordenador esportivo do PSG, e o médico Gerard Saillant. 

Um pequeno grupo de torcedores chegou se a aglomerar na frente da entrada principal do hospital desde o início da noite. Mas acabaram nem tendo qualquer contato visual com o jogador, pois o carro utilizou uma entrada alternativa na sua chegada ao Mater Dei.  

Neymar está no Brasil desde a manhã de quinta-feira, quando desembarcou no Rio, vindo de Paris. De lá, ele seguiu para sua residência em Mangaratiba, no litoral fluminense, onde repousou e se encontrou com familiares, amigos e a namorada Bruna Marquezine, deixando  o local no início noite desta sexta. 

Após a cirurgia, de cerca de uma hora de duração, Neymar não deverá demorar a deixar o hospital, com a expectativa de que receba alta no domingo, passando, por precaução, uma segunda noite no Mater Dei, antes de iniciar o processo de recuperação 

A cirurgia deste sábado vai ser realizada pelo médico Rodrigo Lasmar, da seleção brasileira, com a colocação de um pino para corrigir a fratura no quinto metatarso do pé direito de Neymar. Ele se machucou na vitória do PSG sobre o Olympique de Marselha, no último domingo, pelo Campeonato Francês. 

A previsão inicial é de que a operação aconteça às 9 horas. Mas não está descartada a possibilidade de o seu horário ser antecipado, para que o jogador tenha mais privacidade no centro cirúrgico do hospital.

De acordo com Lasmar, Neymar poderá ficar por até três meses sem atuar, o que o faria realizar o seu retorno aos gramados às vésperas da Copa do Mundo, já em amistosos preparatórios para o torneio - a estreia da seleção brasileira na Rússia será em 17 de junho, diante da Suíça.

Além disso, esse tempo para recuperação poderá fazê-lo perder o restante da temporada 2017/2018 do futebol europeu, pois a finalíssima da Liga dos Campeões está agendada para 26 de maio, sendo que uma semana antes se encerrará o Campeonato Francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.