Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Neymar critica condições de jogo da seleção em La Paz: 'Desumano'

Atacante reclama de altitude, gramado e bola do jogo, mas elogia companheiros após empate com a Bolívia por 0 a 0

Estadão Conteúdo

05 Outubro 2017 | 23h06

A seleção brasileira não passou de um empate sem gols diante da Bolívia nesta quinta-feira, em La Paz, pela penúltima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia. Por mais que já esteja classificado para a competição do ano que vem, o País tomou conta do duelo e só não conseguiu a vitória porque o goleiro Carlos Lampe realizou grandes defesas.

+ Tite se diz surpreso com desempenho do Brasil em empate

+ Com lesão, Thiago Silva pode ser cortado da última rodada

+ CBF confirma amistoso contra a Inglaterra em novembro

Em boa parte delas, Lampe duelou com Neymar, que abusou das chances desperdiçadas e não esteve em seus melhores dias. Momentos depois do apito final, porém, o atacante disse ter sentido os efeitos dos 3,6 mil metros de altitude de La Paz e criticou as condições nas quais o confronto foi realizado.

Em sua página no Instagram, Neymar postou uma foto de alguns jogadores da seleção brasileira fazendo uso de galões de oxigênio. "Desumano jogar nessas condições. Campo, altitude, bola... Tudo ruim", escreveu o jogador.

Apesar do desabafo, Neymar também celebrou a atuação e o volume de jogo da seleção, que de fato criou diversas oportunidades e só falhou em convertê-las. "Saímos felizes pelo desempenho da equipe, mesmo com essas condições", considerou.

O resultado levou o Brasil a 38 pontos, na liderança das Eliminatórias e a dez do segundo colocado Uruguai. Na terça-feira que vem, a seleção encerra sua participação no Allianz Parque diante do Chile, que ainda luta pela vaga no Mundial da Rússia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.