Sebastien Nogier/EFE
Sebastien Nogier/EFE

Com Neymar, Daniel Alves e Alisson, Fifa divulga lista dos 23 candidatos à seleção da FifPro

Jorginho, brasileiro naturalizado italiano, também está na lista; time dos melhores da temporada será anunciado no dia 17 de janeiro, na cerimônia de entrega do prêmio 'The Best'

Redação, Estadão Conteúdo

14 de dezembro de 2021 | 13h27

Em parceria com a Fifa, o FifPro anunciou nesta terça-feira a lista de 23 finalistas para compor a seleção da temporada 2020/2021. Entre eles estão três brasileiros: o goleiro Alisson, o lateral-direito Daniel Alves e o atacante Neymar. O brasileiro naturalizado italiano Jorginho também consta na relação.

Também chamado de sindicato dos jogadores, o FifPro vai anunciar a seleção da temporada, com 11 jogadores, na cerimônia marcada para 17 de janeiro, em que a Fifa anunciará o The Best, o seu prêmio de melhor do mundo. A escolha é feita por votação entre os próprios jogadores. Eles vão escolher um goleiro, três defensores, três meio-campistas e três atacantes.

Trata-se da primeira vez que o FifPro divulga uma lista de finalistas com 23 jogadores. Até o ano passado, a entidade apresentava apenas uma relação de 55 atletas antes da cerimônia de premiação, em que revelava os 11 vencedores. No total, o sindicato recebeu 18.947 votos de jogadores de 69 países.

Entre os brasileiros, Alisson foi indicado pelas boas atuações tanto no Liverpool quanto na seleção brasileira. Daniel Alves entrou na lista por conta do que apresentou no São Paulo, de onde saiu de forma conturbada rumo ao Barcelona, pelo qual ainda não reestreou. E Neymar foi reconhecido pelo desempenho no Paris Saint-Germain e na seleção.

No feminino, Marta é a única brasileira na lista das 23 melhores do mundo. A atacante foi incluída na relação pelas boas apresentações pela seleção brasileira e pelo Orlando Pride, time dos Estados Unidos que defende. A lista conta com as reconhecidas americanas Alex Morgan e Megan Rapinoe.

Confira abaixo a lista dos 23 finalistas à seleção da FifPro

Goleiros: Alisson Becker (Liverpool), Gianluigi Donnarumma (Itália/Milan e Paris Saint-Germain) e Édouard Mendy (Senegal/Chelsea);

Defensores: David Alaba (Áustria/Bayern de Munique e Real Madrid), Jordi Alba (Espanha/Barcelona), Trent Alexander-Arnold (Inglaterra/Liverpool), Daniel Alves (São Paulo e Barcelona), Leonardo Bonucci (Itália/Juventus) e Rúben Dias (Portugal/Manchester City);

Meio-campistas: Sergio Busquets (Espanha/Barcelona), Kevin De Bruyne (Bélgica/Manchester City), Bruno Fernandes (Portugal/Manchester United), Frenkie de Jong (Holanda/Barcelona), Jorginho (Itália/Chelsea) e N'Golo Kanté (França/Chelsea);

Atacantes: Karim Benzema (França/Real Madrid), Cristiano Ronaldo (Portugal/Juventus e Manchester United), Erling Haaland (Noruega/Borussia Dortmund), Robert Lewandowski (Polônia/Bayern de Munique), Romelu Lukaku (Bélgica/Internazionale e Chelsea), Kylian Mbappé (França/PSG), Lionel Messi (Argentina/Barcelona e PSG) e Neymar (PSG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.