Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Neymar desabafa nas redes sociais após vitória: 'Falar até papagaio fala'

Atacante da seleção brasileira foi às lágrimas após o término do jogo contra a Costa Rica

O Estado de S.Paulo

22 Junho 2018 | 13h05

Neymar usou as redes sociais para desabafar após a vitória por 2 a 0 do Brasil sobre a Costa Rica, nesta sexta-feira, em São Petersburgo, pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo. No Instagram, o jogador atacou os críticos e usou até um palavrão para destacar a atuação da seleção.

+ Brasil não cai na primeira fase da Copa do Mundo desde 1966

+ Padarias viram point de paulistanos em jogo matutino do Brasil

+ Coutinho exalta 'emoção muito grande' em gol e elogia atuação do Brasil

"Nem todos sabem o que passei pra chegar até aqui, falar até papagaio fala, agora fazer ... poucos fazem!! O choro é de alegria, de superação, de garra e vontade de vencer.

Na minha vida as coisas nunca foram fáceis, não seria agora né !!! O sonho continua, sonho não ... OBJETIVO ! Parabéns pela partida rapaziada, vocês são F...", diz a legenda da foto na qual o craque aparece chorando."

Após o jogo, Neymar foi ao chão no meio do gramado da Arena Zenit e começou a chorar. O jogador escondeu o rosto com as duas mãos e, na sequência, foi consolado pelos demais jogadores da seleção.

 

O atacante do Paris Saint-Germain mostrou-se bastante irritado durante praticamente todo o jogo e chegou a levar um cartão amarelo após dar um soco na bola ao reclamar com o juiz. Com a advertência, Neymar está pendurado e, se levar mais uma cartão contra Sérvia, quarta-feira, na última rodada da fase de grupo, terá de cumprir suspensão nas oitavas de final caso o Brasil se classifique.

 

Após o jogo, o zagueiro Thiago Silva disse que conversou com Neymar, seu companheiro de clube no PSG e deu um conselho para o atacante. "Acho que tem de desabafar. Ele tirou um grande peso das costas. Para o terceiro jogo vai estar mais tranquilo. (Chorar) faz bem. Falei para ele: "Chora mesmo, só você sabe o que passou para estar aqui nesta Copa".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.