Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Neymar distribui autógrafos na chegada aos EUA e se apresenta à seleção brasileira

Tite comandará a primeira atividade com grupo ainda nesta segunda

Estadão Conteúdo

03 de setembro de 2018 | 13h18

O atacante Neymar desembarcou no início da tarde desta segunda-feira em New Jersey e se apresentou ao técnico Tite. O camisa 10 do Paris Saint-Germain chegou ao hotel onde a seleção brasileira está hospedada chamando a atenção: com uma roupa toda amarela e um tênis colorido.

Ao descer do carro, distribuiu autógrafos aos torcedores que faziam plantão na rua e depois entrou. Neymar chegou aos Estados Unidos no domingo, mas passou o dia em Nova York. Pelo Instagram, chegou a publicar uma foto ao lado do rapper Drake.

Um pouco mais cedo também se apresentaram à seleção brasileira o goleiro Hugo e o meio-campista Lucas Paquetá, ambos do Flamengo, e o atacante Everton, do Grêmio. Além do trio, a CBF informou sobre a chegada do jovem Mateus Cardoso, do time sub-20 do Grêmio, que auxiliará nos treinamentos.

Os quatro chegaram juntos com Edu Gaspar, coordenador de Seleções, e também do analista de desempenho Thomáz Koerich. Dos que atuam no Brasil faltou apenas Dedé. Como o Cruzeiro atuou pelo Brasileirão no domingo, a previsão é que ele se apresente na terça-feira.

Para a tarde são esperadas ainda as chegadas de Fred e Andreas Pereira, do Manchester United. Tite comandará a primeira atividade ainda nesta segunda. Pela programação, o trabalho começará às 18h (de Brasília), na Red Bull Arena.

No domingo, chegaram outros dez jogadores: os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva, ambos do PSG, o goleiro Alisson, o atacante Roberto Firmino e o lateral-direito/volante Fabinho, do Liverpool. Richarlison, do Everton, o volante Casemiro e o lateral-esquerdo Filipe Luís, do Real Madrid e do Atlético de Madrid, respectivamente, além da dupla da Juventus: Douglas Costa e Alex Sandro.

Da lista inicial de convocados, Tite precisou fazer dois cortes por lesão. O atacante Pedro e o lateral-direito Fagner foram substituídos por Richarlison e Éder Militão. O meia Renato Augusto pediu dispensa por questões pessoais.

A seleção brasileira está reunida para o confronto com os Estados Unidos, sexta-feira, às 21h05, no Metlife Stadium, em Harrison. Quatro dias depois, os comandados de Tite enfrentarão El Salvador, no FedEx Field Stadium, em Washington.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.