Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Neymar é atingido por garrafa vinda de torcida rival após gol do Barça; assista

Barcelona e Valencia fizeram jogo tenso pelo Campeonato Espanhol

O Estado de S. Paulo

22 Outubro 2016 | 21h00

A vitória do Barcelona sobre o Valencia neste sábado, por 3 a 2, não terminou com um clima amistoso no estádio Mestalla. Após Messi marcar de pênalti o gol derradeiro do jogo, nos acréscimos do segundo tempo, os jogadores do time catalão foram comemorar em frente à torcida rival. Em meio a alguns objetos voando no gramado, uma garrafa d'água acertou o bolo de atletas do Barça, levando Neymar e o uruguaio Luis Suárez ao chão.

A atitude dos torcedores irritou Messi, que dirigiu ofensas às arquibancadas após os companheiros caírem. O fim da partida acabou acirrando os ânimos de um duelo que já era quente dentro de campo. Os jogadores do Valencia reclamaram muito da arbitragem, questionando principalmente um pênalti não marcado para a equipe. O meia argentino Enzo Pérez tentou partir para cima de Suárez após o apito final, mas foi contido por companheiros de time e por Mascherano, também argentino.

O técnico do clube catalão, Luis Enrique, comentou o ocorrido após o confronto. "Eu não vi o que aconteceu durante a celebração do último gol. Comemoramos come se comemora um gol no último minuto", afirmou. "Não concordo com o que os torcedores fizeram. Com certeza a maioria não gostou do que aconteceu. Eu, obviamente, não gostei."

O Valencia soltou uma nota oficial condenando o episódio ocorrido em seu estádio, que pode render punição ao clube. "O Valencia condena o lançamento de uma garrafa atirada por um torcedor em direção a um jogador do Barcelona. O Valencia não tolera comportamentos violentos e investigará o incidente e seguirá trabalhando preventivamente para evitar este tipo de ação."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.