Mowa Press/Divulgação
Mowa Press/Divulgação

Neymar e Ganso já estão na Suíça para defender a seleção contra a Bósnia

O jogo será terça-feira: é o primeiro do Brasil em 2012

estadão.com.br

26 de fevereiro de 2012 | 17h34

SÃO PAULO - Após a boa atuação na vitória santista por 6 a 1 sobre a Ponte Preta, sábado, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista, Neymar e Paulo Henrique Ganso querem repetir a dose com a camisa da seleção. A dupla do Santos chegou domingo a St. Gallen, na Suíça, local onde o Brasil vai enfrentar a Bósnia terça-feira, às 16h (horário de Brasília), na AFG Arena, em amistoso internacional.

É o primeiro amistoso do Brasil em 2012.

"Ele (Ganso) estando bem, no Santos ou na seleção, não tem para ninguém. O Ganso bem é sempre bom em qualquer lugar", encheu a bola do amigo o atacante Neymar, autor de dois gols no triunfo do dia anterior sobre a Ponte, no desembarque de parte da delegação brasileira na Europa.

O meia mostrou que a confiança voltou após o gol feito contra a Ponte Preta, pelo Paulistão. "Começo o ano muito confiante, já que estou repetindo o futebol de 2011. Quero fazer o mesmo que faço no Santos agora pela seleção. O Ganso (disse na terceira pessoa do singular) está voltando melhorado."

Na opinião de Neymar, o modo como ele e Ganso atuam no Santos é diferente da forma como a dupla joga pelo Brasil. De acordo com o atacante, a pressão com a camisa amarela é maior. E Mano Menezes não dá tanta liberdade para os dois como Muricy faz na Vila Belmiro.

"É bem diferente aqui na seleção. Estamos representando uma nação inteira. O Santos é um clube de grande expressão, mas é diferente de se jogar na  seleção", disse Neymar. Taticamente, Ganso espera atuar contra a Bósnia da mesma forma que encarou a Ponte: como um meio-campista que chega à área adversária com liberdade para chutar a gol.

"Atuei como meia que entra na área e que chuta de longe. É isso que o Mano espera de mim."

O entrosamento da dupla não se limita às expectativas de bom desempenho dentro de campo. Ambos reclamaram do frio da cidade suíça. A previsão é de temperatura negativa e neve para amanhã em St. Gallen.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.