Neymar é indiciado e pode ser suspenso por 15 jogos

O atacante Neymar pode desfalcar o Santos até o fim do Campeonato Paulista. A hipótese é pouco provável, mas legalmente possível. Isso porque o jogador pode pegar até 15 jogos de suspensão pela expulsão na partida de domingo, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. O julgamento acontece na próxima segunda-feira.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2013 | 15h52

O craque santista se envolveu numa confusão com o lateral-direito Artur, ex-Palmeiras. De acordo com a súmula do árbitro Luiz Flávio de Oliveira, Neymar foi expulso por "desferir um chute entre as pernas" do adversário "Segurado pelo rosto, Neymar desfere dois tapas no braço do adversário", completa o juiz.

Neymar foi indiciado com base no artigo 254-A, inciso I, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em punir quem "desferir dolosamente soco, cotovelada, cabeçada ou golpes similares" com punição de quatro a 12 partidas, e também no artigo 250, por "praticar ato desleal ou hostil durante a partida, prova ou equivalente", podendo pegar suspensão de uma a três partidas. As penas, somadas, podem chegar a 15 partidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.