Reuters
Reuters

'Neymar e Mbappé são parisienses e seguirão sendo', diz presidente do PSG

Nasser Al-Khelaifi demonstra confiança em permanência dos craques após classificação para as quartas da Liga dos Campeões

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2021 | 22h45

O PSG não teve Neymar em campo nesta quarta, mas contou com Mbappé para confirmar a classificação sobre o Barcelona nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Com a vaga nas quartas garantida, o presidente do clube, Nasser Al-Khelaifi, comentou sobre a eliminatória com o time catalão e o falou brevemente sobre o futuro dos dois craques do time.

"Mbappé e Neymar são atualmente parisienses e vão seguir sendo", afirmou Al-Khelaifi ao canal de TV RMC Sports, confiante de que os dois seguirão no clube após o término desta temporada.

Dos dois, a situação de Mbappé é a que levante mais especulações: o jovem atacante francês teria atraído o interesse de clubes como Real Madrid e Manchester United e ainda negocia para um novo acordo com o time presidido por Khelaifi.

Por sua vez, Neymar está perto de renovar contrato com o PSG: o vínculo anterior era válido até 2022, enquanto o novo deve seguir até 2026. O brasileiro diz que está feliz no clube em todas as entrevistas sobre o futuro e, inclusive, faz campanha para que Mbappé também continue em Paris.

Sobre o jogo de hoje, Khelaifi demonstrou contentamento. "É um orgulho estar nas quartas de final da Liga dos Campeões. Já esqueci o que aconteceu há quatro anos (eliminação para o Barcelona). A história vai ficar, mas jogamos e afastamos o grande Barcelona. Estamos felizes", disse o presidente do time francês.

Além do PSG, já estão nas quartas de final da Liga dos Campeões Liverpool, Porto e Borussia Dortmund. Os últimos quatro classificados serão definidos na semana que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.