Neymar é o único brasileiro entre os 30 finalistas da Bola de Ouro de revista

Cristiano Ronaldo é o grande favorito na conquista do prêmio

Estadão Conteúdo

24 Outubro 2016 | 15h25

A France Football divulgou nesta segunda-feira a lista dos 30 finalistas da Bola de Ouro, premiação que ela volta a organizar independe da Fifa, e só um brasileiro está entre eles. Trata-se de Neymar, um dos quatro jogadores do Barcelona entre os apontados pela revista francesa.

Do Real Madrid, atual campeão europeu, são seis, incluindo o zagueiro Pepe, que nasceu no Brasil, mas que defende a seleção de Portugal, por sua vez campeã da Eurocopa. Cristiano Ronaldo, que venceu as duas competições mais importantes do ano, é o grande favorito a ficar com o prêmio pela quarta vez.

Ele ganhou em 2008 (pela France Football), 2013 e 2014 (em parceria da revista com a Fifa). Seu grande concorrente, como de praxe, deverá ser Lionel Messi, dono de cinco Bolas de Ouro (2009, 2010, 2011, 2012 e 2015). Entre 2010 e 2015, a premiação foi unificada e, a partir de agora, será dada de forma separada. Na eleição da France Football votam jornalistas, enquanto que na da Fifa os votos são de técnicos e capitães das seleções.

Se o Brasil teve só um indicado, a Argentina teve quatro, todos atacantes: Messi, Agüero, Higuaín e Dybala. Os espanhois na lista são Koke, Iniesta e Sergio Ramos, enquanto que Buffon é o único italiano. Chama atenção o grande número de franceses - quatro, incluindo o goleiro Lloris, do Tottenham, e o meia Payet, do West Ham - e também de goleiros. Desta posição, estão o alemão Neuer, o francês Lloris, o italiano Buffon e o português Rui Patrício.

Como de costume, todos os jogadores atuam no futebol europeu, sendo que 28 deles jogam na Inglaterra, na Espanha, na Alemanha ou Itália. A exceção é Rui Patrício, do Sporting, destaque na Eurocopa. Dos 30 indicados, 24 são de Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Bayern de Munique, Manchester City ou Manchester United.

CONFIRA OS INDICADOS

Sergio Agüero (Manchester City - Argentina)

Pierre-Emerick Aubemayang (Borussia Dortmund - Gabão)

Gareth Bale (Real Madrid - País de Gales)

Gianluigi Buffon (Juventus - Itália)

Kevin de Bruyne (Manchester City - Bélgica)

Cristiano Ronaldo (Real Madrid - Portugal)

Paulo Dybala (Juventus - Argentina)

Diego Godín, (Atlético de Madri - Uruguai)

Antoine Griezmann (Atlético de Madri - França)

Gonzalo Higuaín (Juventus - Argentina)

Zlatan Ibrahimovic (Manchester United - Suécia)

Andrés Iniesta (Barcelona - Espanha)

Koke (Atlético de Madri - Espanha)

Toni Kroos (Real Madrid - Alemanha)

Robert Lewandowski (Bayern de Munique - Polônia)

Hugo Lloris (Tottenham - França)

Riyad Mahrez (Leicester City - Argélia)

Lionel Messi (Barcelona - Argentina)

Luka Modric (Real Madrid - Croácia)

Thomas Müller (Bayern de Munique - Alemanha)

Manuel Neuer (Bayern de Munique - Alemanha)

Paul Pogba (Manchester United - França)

Pepe (Real Madrid - Portugal)

Dimitri Payet (West Ham - França)

Neymar (Barcelona - Brasil)

Rui Patrício (Sporting - Portugal)

Sergio Ramos (Real Madrid - Espanha)

Luis Suárez (Barcelona - Uruguai)

Jamie Vardy (Leicester City - Inglaterra)

Arturo Vidal (Bayern de Munique - Chile)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.