Lucas Figueiredo/EFE
Lucas Figueiredo/EFE

'Neymar está evoluindo acima do esperado', diz preparador da seleção

Para Fabio Mahseredjian, os treinos da próxima semana, já em Londres, darão uma melhor visão sobre como chegará o atacante para o primeiro jogo da Copa

Marcio Dolzan / RIO, Estadão Conteúdo

23 de maio de 2018 | 14h50

De volta aos treinos após quase três meses afastado, o atacante Neymar está evoluindo acima do esperado e deve estar em boas condições para a estreia do Brasil na Copa do Mundo, em 17 de junho, diante da Suíça. A avaliação é do preparador físico da seleção brasileira, Fabio Mahseredjian. Apesar disso, ele não quis confirmar se o atacante do Paris Saint-Germain estará em sua plenitude física para a estreia.

+ Clima de Copa ainda não chegou a Teresópolis, no 'QG' da seleção

+ Taffarel vê Alisson 'iluminado' e diz que goleiro é um dos melhores do mundo

"O Neymar vem evoluindo muito bem, treinando todos os dias. Apesar de ele não ter descido (para treinar no campo) nos outros dias, ele fez complementos físicos lá em cima (academia) com o preparador físico Ricardo Rosa e vem evoluindo muito bem dia após dia", disse Mahseredjian nesta quarta-feira, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

O preparador físico, contudo, furtou-se a comentar como Neymar estará para a estreia na Rússia. "Como ele vai chegar no dia 17 nós não sabemos ainda. O organismo vai evoluindo dia após dia. A expectativa é grande e é positiva. Nós estamos trabalhando sempre com a expectativa positiva", declarou Mahseredjian.

"É difícil falar em porcentual (de condição física). Não existe um equipamento que você coloque no atleta e diz que está com 100% de sua condição. Nós sempre queremos evoluir mais, e qual é o 100% de um atleta de excelência, de um atleta de ponta? Nós não sabemos, não sabemos onde ele pode chegar", considerou. "Nós estamos trabalhando com a evolução do atleta, e o que hoje eu posso afirmar é que a evolução dele está muito bem e acima até do esperado por nós."

Para Mahseredjian, os treinos da próxima semana, já em Londres, darão uma melhor visão sobre como chegará Neymar para a Copa. O atacante fraturou o quinto metatarso do pé direito no fim de fevereiro, passou por uma cirurgia no início de março e perdeu o final da temporada europeia no Paris Saint-Germain.

"Ele é um atleta de altíssimo nível e diferente. Nós sabemos que ele é diferente e pode fazer coisas diferentes para nos ajudar", disse. "Esta semana de treinamento aqui na Granja , e principalmente em Londres, quando ele vai treinar com todo o grupo, com bola, trabalho de enfrentamento de 11 contra 11, vão acelerar esse processo de adaptação para que ganhe ritmo de jogo. Claro que jogo é diferente, mas temos dois amistosos e a expectativa é de que ele participe"

O médico da seleção, Rodrigo Lasmar, por sua vez, ressaltou que Neymar passa por etapas bem definidas para o retorno aos gramados, e que por isso é preciso esperar para saber sua real condição. "O Neymar está na fase de retorno progressivo. Ele não treinou com todo o grupo, este é o próximo passo, e ele ainda não jogou, o que é o passo seguinte. Isso tudo faz parte de uma programação para que ele chegue no início da competição se sentindo seguro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.