Josep Lago/AFP
Josep Lago/AFP

Neymar faz 4 e comanda goleada do Barcelona sobre o Rayo Vallecano

Brasileiro ainda dá uma assistência em vitória de virada do Barça

Estadão Conteúdo

17 de outubro de 2015 | 18h13

O Barcelona venceu o Rayo Vallecano por 5 a 2, neste sábado, no Camp Nou, em uma apresentação fenomenal do brasileiro Neymar. O atacante assumiu o papel de protagonista vago com a ausência de Messi, lesionado, e comandou a virada do time catalão com dribles desconcertantes, arrancadas velozes, quatro gols e uma assistência.

Esta é a primeira vez que Neymar balança as redes quatro vezes na mesma partida pelo Barcelona. No entanto, o fato não é novidade na carreira do atleta, que já fez o mesmo duas vezes pelo Santos e duas pela seleção brasileira, sendo uma pela principal e outra pela sub-20. Agora o brasileiro assume a artilharia do Espanhol, com oito gols, dois a mais que Cristiano Ronaldo e Benzema, ambos do Real Madrid.

Com o resultado, o Barcelona alcançou os mesmos 18 pontos do líder Real Madrid, mas tem pior saldo de gols que o arquirrival. O Rayo Vallecano, por sua vez, estacionou nos sete pontos, na 15.ª posição do Espanhol.

Com as duas equipes de maior posse de bola da liga espanhola em ação, a partida começou em um ritmo eletrizante. Antes dos dez minutos, Rakitic e Suárez já haviam desperdiçado duas chances diante do goleiro Toño. Aos 14, no entanto, o Rayo respondeu sem medo e conseguiu abrir o placar com Javi Guerra, que completou cruzamento de Ebi para o fundo do gol.

Atrás no marcador e pressionado pela posição na tabela, o Barcelona viu em Neymar a solução para vencer. Pelo lado esquerdo do ataque, o atacante infernizou os adversários e foi derrubado duas vezes dentro da área. Llorente cometeu a primeira penalidade aos 20 minutos e Nacho, a segunda, aos 31. Duas cobranças com extrema tranquilidade do brasileiro e virada por 2 a 1.

A noite de gala estava apenas começando para o atacante, que ainda reclamou de mais dois pênaltis não assinalados pelo árbitro no primeiro tempo e deixou o gramado para o intervalo sob os gritos de seu nome.

No início do segundo tempo, o goleiro Bravo apareceu em três lances com defesas difíceis antes de Neymar voltar a brilhar. Aos 24 minutos, o brasileiro tocou para Suárez, que bateu forte, em cima do goleiro, e pegou o rebote para fazer 3 a 1. Um minuto depois, o uruguaio invadiu a área e, na saída de Toño, tocou para o companheiro empurrar para as redes e marcar o seu quarto gol.

Com quatro gols e a artilharia isolada do Espanhol, aos 31, chegou a vez de Neymar mostrar seu lado solidário e retribuir o presente do uruguaio, cruzando na medida para Suárez pegar de primeira e vencer Toño. Aos 42, o Rayo ainda descontou com Jozabed Ruíz, dando números finais ao placar.

Pela próxima rodada do Espanhol, o Barcelona recebe o Eibar, no dia 25 de outubro. No entanto, antes o time catalão tem compromisso pela Liga dos Campeões contra o BATE Borisov, fora de casa, na terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.