Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Neymar faz dois e Barcelona goleia a Real Sociedad por 4 a 0

Nas últimas três partidas, equipe já soma 14 gols a favor

Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2015 | 15h00

Depois de goleadas históricas sobre o Real Madrid (4 a 0) e Roma (6 a 1) nos últimos sete dias, o Barcelona voltou a campo neste sábado para enfrentar a Real Sociedad no Camp Nou. A goleada só foi configurada nos acréscimos, mas veio, por 4 a 0, com mais uma boa atuação do trio de ataque formado por Messi, Neymar e Suárez.

Neymar balançou as redes duas vezes, ambas sem muito trabalho, enquanto Suárez marcou mais um belíssimo gol, de voleio. Messi fechou o placar no fim, com o gol aberto - um presente de Neymar para ele. Juntos, os três sul-americanos já marcaram 125 gols somente neste ano pelo Barcelona. São 44 gols do argentino, 41 do brasileiro e 40 do uruguaio.

Só no Campeonato Espanhol da temporada 2015/2016 Neymar já marcou 14 gols em 12 partidas. Neste sábado, ele abriu o placar aos 22 minutos, após cruzamento de Daniel Alves. Depois, marcou o terceiro, aos 8 do segundo tempo, completando cruzamento do Mathieu, desta vez vindo da esquerda. O francês, aparentemente, estava em posição de impedimento.

Daniel Alves fechou o jogo com duas assistências, porque foi dele o passe milimétrico para o lindo voleio de Suárez, aos 41 do primeiro tempo. A bola passou por cima de Messi e Neymar, que pareciam mais bem posicionados na área, e alcançou o uruguaio livre entrando na área.

Se no primeiro tempo o Barça chegou a colocar uma bola na trave com Iniesta antes de abrir o placar, na etapa final o time da casa relaxou e deixou a Real Sociedad chegar. A equipe basca estreava o técnico Eusebio Sacristán, ex-jogador do Barcelona e que, entre junho de 2011 e fevereiro deste ano, comandou o Barcelona B. Substituiu no cargo exatamente Luis Enrique.

O português Bruma substituiu o mexicano Vela aos 36 do segundo tempo e teve três chances de descontar, parando em boa defesa de Bravo numa delas. No contra-ataque, Messi bateu colocado e acertou o travessão.

Faltava o gol do argentino e, por cinco minutos, o Barcelona jogou em função de Messi. Chegava na área e dava para o argentino fazer. Foram três chances desperdiçadas até que não teve como. Neymar dançou pela direita, deu para Suárez e recebeu de volta, de primeira. Da linha de fundo, só rolou para Messi, que ficou com o gol aberto.

Com a vitória pela 13.ª rodada, o Barcelona foi a 33 pontos, contra 26 do Atlético de Madrid e 24 do Real Madrid. As equipes da capital jogam respectivamente contra Espanyol (neste sábado, em casa) e Eibar (domingo, fora).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.